TCE Publica Lista de Políticos Com Contas Rejeitadas

São mais de 2.500 nomes de gestores públicos e ordenadores de despesas que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo colegiado

Política Em 12/08/2016 18:27:29

 

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) divulgou ontem uma listagem, que será encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), com mais de 2.500 nomes de gestores públicos e ordenadores de despesas que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo colegiado. Entre os nomes citados constam os dos atuais prefeitos de Arujá, Abel José Larini e de Igaratá, Elzo Elias de Souza.

O período considerado são os oito anos imediatamente anteriores a cada eleição, que em 2016, terá o primeiro turno realizado no dia 2 de outubro. A referida listagem abrange o período entre 2 de outubro de 2008 a 10 de agosto de 2016. Trata-se da relação de pessoas físicas que tiveram contas julgadas irregulares por decisão contra a qual não cabe mais recurso. A lista também cita ex-prefeitos, pré candidatos nas próximas eleições como Genésio Severino da Silva, de Arujá, e Helio Buscarioli, de Santa Isabel.

Genésio tem dois processos de números 800015/444/08 e 1032/007/09. Buscarioli tem quatro processos, de números 742/001/11;1294/007/10; 743/007/11 e 800157/577/05. Abel teve rejeitadas as contas do processo 1424/007/13 e 1197/007/11. O prefeito de Igaratá, Elzo Elias de Souza, responde pelo processo/007/09.

As pessoas constantes em tal listagem seriam inelegíveis para a eleição que se aproxima, contudo uma decisão do Supremo Tribunal Federal (leia nessa mesma página), estabeleceu que a inelegibilidade só ocorre caso as contas sejam reprovadas por decisão da Câmara de Vereadores, não bastando somente a reprovação dos Tribunais de Contas.