Instalações Misteriosas no Jd. Real

De acordo com Prefeitura unidade é particular, mas não revela quem é o proprietário

Cidades Em 06/07/2018 13:19:14

Trata-se de uma instalação semelhante a uma piscina, cercada de muros com acessos por um único portão. Para alguns é uma estação de tratamento de água abandonada, para outros é uma estação de tratamento de esgoto.

Tanto a Sabesp como a Prefeitura esclarecem do que se trata, mas o abandono denunciado na última edição do Jornal OUVIDOR é evidente. No tanque a água esverdeada revela a existência de algas há muito tempo cobrindo a água que pode ser de chuva ou esgoto. Canos e tubos não definem do que se trata. A instalação está em local abaixo de residências e estabelecimentos comerciais do Jd. Real e, a proximidade do córrego Caputera, até desperta a suspeita que se trata de uma tentativa de estação de decantação de esgoto. Mas quem é responsável por ela?

O mato que cerca o espaço testemunha o abandono e, em nota, a Prefeitura esclareceu que a unidade é uma construção particular, mas não revela quem é o dono. A SABESP diz que existe um Plano de Saneamento Básico para coleta de esgoto no Jd. Real, mas para que o projeto seja colocado em prática, é preciso a construção tronco coletor e do interceptador, no entanto, a empresa não revelou quando a obra será concluída e o valor do investimento.