Aniversário vai fechar o Centro de Santa Isabel

A licitação da estrutura da festa nem começou, mas a escolha do local e das atrações já está gerando polêmica

Cidades Em 22/06/2018 18:14:16

por Érica Alcântara

Na quarta-feira, 20/06, a secretaria de Cultura de Santa Isabel promoveu um encontro para debater com o comércio local detalhes da festa de aniversário da cidade. Para alguns convidados, existe uma considerável diferença entre debater detalhes da festa e ser expectador de uma programação já definida. 

Por meio de ofícios entregues no dia 18, mas assinados no dia 13/06 pela própria prefeita Fábia Porto, os detalhes mais importantes já foram definidos: a festa de aniversário será no centro da cidade entre os dias 07 e 10 de julho, das 14h às 2h da manhã. E parte da Av. República ficará permanentemente fechada neste período para, segundo a secretaria de Cultura, resgatar tradições. 

Nesta semana a Polícia Militar recebeu o pedido para ampliar o sistema de segurança. Mas somente na próxima quarta-feira, 27/06, às 09h30, no Departamento de Licitações e Contratos da Prefeitura, serão abertos os envelopes para contratar uma empresa especializada em locação de estrutura para realização da festa. O certame aparentemente diz respeito somente a infraestrutura, não há referência a contratação de artistas.

ACISI está fora

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Santa Isabel, Roberto Drumond, compareceu à reunião na secretaria de Cultura, disse que havia poucos participantes, mas que notou certa sensibilidade na fala do secretário Tiago Pierre ao pedir a gentileza, das entidades que ocuparão as barracas instaladas próximo à Praça da República, de se possível não abrirem concorrência direta com o comércio da Avenida.

Drumond é porta voz de um grupo de lojistas que, pela manhã do mesmo dia 20, decidiu com base na análise do convite, não participar do evento.  “A ACISI não participará enquanto instituição, mas deixa aos próprios comerciantes a decisão livre de participar ou não”, disse.

Entre os motivos apontados pelo Presidente, está a estreiteza do tempo para promover juntos um evento, somada a falta de consideração na formulação da festa. “É curioso chamar para debater um evento em que tudo já está definido, é como convidar alguém para costurar uma roupa que já está pronta”, explicou.

Para Drumond, outro problema apresentado é a questão do fechamento da principal via da cidade. “Será completamente fechada no domingo, da Praça Fernando Lopes a Pça da Bandeira, nos demais dias será no último quarteirão da Av. República, onde serão instaladas as barracas”, conta.

A ACISI solicitou atenção da Prefeitura em relação aos ambulantes, considerados um problema constante em eventos realizados em Santa Isabel e que, a revelia da prefeitura e da falta de fiscalização, oferecem uma concorrência desleal com os comerciantes que pagam impostos em dia.

Segundo a assessoria de imprensa, “a festa da cidade ainda está em processo de planejamento. Assim que as decisões estiverem formalizadas, todas as informações serão divulgadas”.