Arujá teve caminhadas em apoio ao Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes

As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no Conselho Tutelar mais próximo ou no Disque Denúncia Nacional – Disque 100.

Segurança Pública Saúde Em 18/05/2018 12:19:41

por Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Arujá

         Aconteceram nesta sexta-feira, 18 de maio, duas caminhadas em apoio ao Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual e à Exploração de Crianças e Adolescentes. Participaram do evento as Escolas Municipais Sidônia Nasser do Prado e Padre Geraldo Montibeller.

         Alunos e professores da EM Sidônia Nasser do Prado partiram às 9 horas da Igreja Matriz, com destino à Praça do Coreto, onde se apresentou a banda do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente do Centro. Já os alunos e professores da EM Padre Geraldo Montibeller partiram do Centro de Convivência da Criança e do Adolescente do Mirante com destino à Praça da Juventude, na Estrada do Kondo, nº 57.

         A coordenadora Eliete Teixeira e a professora Suzana Carassa, da EM Sidônia Nasser do Prado, alertaram para conscientização da população sobre o tema e a importância da realização de denúncias, além de ressaltarem as atividades desenvolvidas nas escolas sobre a temática, durante todo o mês de maio.

         O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social, com apoio das Pastas de Educação e Cultura e Turismo, e contou com a participação de servidoras do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), que distribuíram cartilhas informativas sobre o tema durante a semana, e do Departamento de Controle de Vetores da Secretaria Municipal de Saúde, que participou da caminhada central.

         18 de Maio

         Em memória a Araceli, uma das mais emblemáticas vítimas de violência contra a criança no País, uma menina de apenas 8 anos que foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada, no Espírito Santo, em 1973.

         Em 2.000, o dia 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com a aprovação da Lei Federal 9.970/2000.

         As denúncias de abuso ou exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas no Conselho Tutelar mais próximo ou no Disque Denúncia Nacional – Disque 100.