Redobre os cuidados contra o mosquito

O aedes aegypti transmite a dengue,a chikungunia e a zica que pode provocar a microcefalia

Saúde Em 26/09/2019 09:44:54

O combate ao mosquito Aedes aegypti já começou em todos os estados do país e você precisa fazer a sua parte. Um dos vírus que vem causando preocupação, especialmente para as gestantes, é o da Zika. O médico sanitarista da Fiocruz, Cláudio Maierovitch, informa como identificar os sinais dessa doença. 

“Na maior parte das pessoas, causa sintomas mais leves. Em geral, não começa com febre, mas com manchas e coceiras pelo corpo. Os olhos ficam irritados, inflamados e depois aparece febre. E, em geral, em poucos dias, três ou quatro dias, esses sintomas desaparecem completamente". 

As consequências da Zika podem ser neurológicas e precisam ser tratadas caso a caso, conforme orientação médica. Quando infectadas durante a gestação, as mulheres devem redobrar os cuidados, uma vez que o vírus pode, em alguns casos, ser transmitido “de forma vertical” (de mãe para feto) e trazer problemas graves aos bebês. 

“Se observou que gestantes que tiveram infecção pelo vírus Zika, em algumas ocasiões, transmitiram este vírus para o bebê, para o feto. Isso causou más-formações, particularmente o nascimento com um tamanho de cabeça pequena, que é chamado de microcefalia, em que o cérebro não se desenvolveu adequadamente. Uma situação muito grave.”

Em caso de suspeita dos sintomas do vírus Zika, você deve procurar a unidade de saúde mais próxima para o diagnóstico e tratamento adequado. Não espere alguém fazer por você, elimine diariamente possíveis focos do mosquito. Para mais informações, acesse: saude.gov.br/combateaedes.

Fonte: Agencia do Rádio