Proerd volta à Santa Isabel

Conseg mobiliza moradores e autoridades municipais

Segurança Pública Em 03/08/2018 20:06:19

Na segunda-feira, dia 30/07, entre todos os assuntos que foram tema de debate da Reunião do Conseg – Conselho Comunitário de Segurança, foi a volta do Proerd - Programa Educacional de Resistência às Drogas que arrancou aplausos do público presente.

A Soldado Patrícia, responsável pelo programa, explicou que já tem inscritas 400 crianças no projeto que exige, para o retorno das atividades, que o Policial Militar atue de forma absolutamente voluntária. “Estamos dando todo o apoio, para capacitar jovens estudantes para viver de maneira saudável, sem drogas e violência”, diz o 1º Tenente Ronildo Lopes, responsável pelo Pelotão de Santa Isabel.

Dos 44 presentes na reunião do Conseg de Santa Isabel, menos da metade era de morador do Bairro Cachoeira, mas as necessidades da região como as patrulhas, chamadas 190, os perigos da falta de iluminação e de pavimentação, mais as dificuldades com transporte público foram pautadas.

A Polícia Militar e Civil, representados pelo 1o Tenente Ronildo Lopes e o Delegado Dr. Carlos Alberto Oliveira, orientou a comunidade a sempre registrar as ocorrências, são elas que fazem a diferença no controle e patrulhamento da segurança no bairro.

Reclamações sobre a falta de atividades, esportivas e culturais, foram respondidas pela Prefeita Fábia Porto que estava acompanhada por assessores. "Estamos implementando mudanças nunca antes vistas, mas garanto que estas atividades virão", disse.

Alguns moradores reclamaram do consumo de entorpecentes na quadra do CDHU e foram aleratados que em bairros como o Cachoeira, o sistema de vizinhança solidária pode ser o diferencial entre viver com qualidade de vida ou com medo. "Vocês precisam de união, grupos que saibam quando soltar um alerta entre moradores de bem. Que saibam quando chamar a polícia, pois nunca haverá um guarda para cada casa e a comunicação entre os membros da comunidade é o diferencial que falta", relatou o representante do Conseg de Jacareí, Adilson Gusmão.

Problemas com o transporte também foram relatados, Fábia Porto garante que a fiscalização está atuando firme junto a empresa PEM, para que cumpra com o contrato de prestar um transporte público de qualidade, com segurança.

Um dos cidadãos questionou a atuação da secretaria de meio ambiente, disse que a segurança da fauna e flora está ameaçada por queimadas irregulares, somada a degradação de lago, supostamente cometidas por uma pedreira. "O Meio Ambiente quer colocar uma empresa de entulho dentro de uma área de APP - área de preservação permanente, sem que tenha sido feito também um estudo sobre o impacto disso na vizinhança", revelou. A Prefeita anotou a denúncia para verificar as informações.