Primavera na parede

É uma casa simples bem encostada na calçada da rua Centro Comunitário, em Santa Isabel. Ali moram o Jardineiro, a esposa Kelly, a filha e dois filhos gêmeos de 13 anos

Cidades Em 25/10/2019 20:44:44

É uma casa simples bem encostada na calçada da rua Centro Comunitário, em Santa Isabel. Ali moram o Jardineiro, a esposa Kelly, a filha e dois filhos gêmeos de 13 anos. Todos moravam no bairro do Montenegro, “na roça” como gostam de contar, mas há dois anos se mudaram para a cidade para que a filha pudesse cursar a faculdade de Direito.

O Jardineiro é José Ronaldo de Almeida, 40 anos. Ele era o funcionário da Prefeitura encarregado da poda de árvores até que, no ano passado caiu do alto de uma árvore e quebrou o braço e a clavícula. Atualmente está afastado do serviço e enquanto aguarda vaga para a realização de uma cirurgia que pode lhe devolver todos os movimentos, seu hobby é plantar.

- Vivi minha vida toda na roça e gosto de estar no meio da natureza, conta ele com um jeito tímido. Dentro de casa são vários vasos com plantas de todos os tamanhos. Do lado de fora, na parede que fecha a residência mais de cinqüenta vasos de plástico, cerâmica, garrafas adaptadas fixadas em retalhos de madeira que ele recolhe nas ruas. – Meu sonho é fazer um jardim desses na praça, fazer mais em todos os espaços públicos. Mas não deixam..... (não termina a frase!) e faz um gesto de desalento.

Brincando ele fala o nome de quase todas as flores que enfeitam a parede da casa, em algumas arrisca até mesmo o nome científico como se fizesse diferença. As flores são lindas e o conjunto mais bonito ainda. Do chão na calçada, até o beiral onde uma casa de jaó de barro encerra o jardim enfeitado pelo colorido da primavera.