Presidente da Associação Comercial de SP e da Facesp repercute taxa de desemprego no comércio

Segundo Alencar Burti, "diferentemente do governo, comércio não tem como fazer ajuste pelo lado da receita: é obrigado a cortar na carne, o que o governo não fez até agora"

Empregos Em 27/07/2015 20:21:02

Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), comenta os dados referentes a taxa de desemprego, divulgados hoje pelo IBGE.

"O aumento das demissões no comércio e nos serviços é resultado da queda do faturamento dessas atividades, conforme mostram os dados divulgados pelo IBGE. Infelizmente este processo deve continuar nos próximos meses. Podemos esperar algum alívio apenas no último trimestre, quando as empresas estiverem se preparando para as vendas de Natal. Diferentemente do governo, elas não têm como fazer o seu ajuste pelo lado da receita: são obrigadas a cortar na carne, o que o governo não fez até agora", frisa Burti.

 

Fonte: Divulgação