Prefeitura registra superávit de R$ 11 milhões entre maio e agosto

A Prefeitura de Arujá registrou um superávit de R$ 11.302.554,86 entre os meses de maio e agosto

Política Em 30/09/2019 18:20:05

por Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Arujá

A Prefeitura de Arujá registrou um superávit de R$ 11.302.554,86 entre os meses de maio e agosto, conforme informou o secretário de Finanças, Caio Araújo, em audiência de prestação de contas na Câmara de vereadores, nesta sexta-feira (27/09). No período, a receita do município foi de R$ 93.037.398,02, diante de uma despesa de R$ 81.734.843,16.

O resultado mais significativo deste quadrimestre, segundo o secretário, foi a receita obtida por meio dos impostos e taxas municipais, de R$ 33,6 milhões. Em números totais, as áreas que mais receberam recursos foram a Educação (38,1%), e a Saúde (15,6%).

“Aumentar a receita própria era uma estratégia da Secretaria para este quadrimestre, porque já tínhamos a previsão de queda nas transferências correntes do Estado e do governo federal, que acabou sendo de 7%, até pelo cenário econômico nacional”, disse.

O aumento na arrecadação própria foi de 20%, em comparação ao mesmo período do ano passado, sendo que um dos fatores principais deve-se à ação fiscal que possibilitou o recebimento de mais de R$ 3 milhões do Imposto Sobre Serviços (ISS) até então devido pela concessionária SPMar, responsável pelas obras do trecho leste do Rodoanel Mario Covas.

“A receita municipal está tendo um papel muito importante. A estratégia é aumentar essa arrecadação, sem subir impostos, seja de forma tecnológica ou aprimorando os procedimentos fiscais”, explicou.

Participaram da audiência os vereadores Abel Franco Larini, o Abelzinho, Edimar do Rosário, Professor Edval, Rogério da Padaria e Sebastião Vieira de Lira, o Paraíba Car, além dos secretários adjuntos de Finanças, Sandra do Carmo Silva e Antônio Donizete da Silva. Em comum, os parlamentares abordaram, principalmente, a necessidade da contratação de pessoas aprovadas nos concursos públicos de 2015 e 2018.

“Nas últimas semanas foram cerca de 60 convocações para pessoas que fizeram concurso assumirem os cargos, então as contratações estão ocorrendo”, explicou o secretário. Ainda de acordo com ele, atualmente o percentual de gasto com folha de pagamento da administração é de 46,2%, abaixo do limite prudencial exigido pelo Tribunal de Contas.

A audiência pública de prestação de contas ao Legislativo atende ao artigo 9º da Lei de Responsabilidade Fiscal e todos os dados apresentados estão disponíveis no Portal da Transparência, no site www.aruja.sp.gov.br.