Prefeitura investirá cerca de R$ 700 mil em obras contra enchentes

Pe. Gabriel afirma que os estudos ambientais já foram iniciados

Turismo & Natureza Segurança Pública Cidades Em 11/03/2016 19:48:37

Com o intuito de diminuir os impactos da chuva na cidade, a Prefeitura de Santa Isabel está investindo projetos de contenção de enchentes. Através do Plano Municipal de Macrodrenagem e da Elaboração do Diagnóstico da Bacia do Araraquara com o objetivo de prevenir a cidades de enchentes e alagamentos. Até o final do ano serão investidos cerca de R$ 700 mil nestes projetos, através de uma parceria entre o município e o Comitê de Bacias, com recursos do FEHIDRO.

O prefeito Pe. Gabriel Bina explica que o objetivo do plano diretor é diagnosticar os problemas existentes ou previstos levando em conta o ponto de vista técnico-econômico e ambiental e projetando as soluções necessárias para a realidade do município: “Já está sendo realizado um estudo acerca de toda a condição do Ribeirão Araraquara, quando o diagnóstico estiver concluído, saberemos quais as melhores soluções a serem aplicadas na contenção de enchentes e alagamentos”, explica.

A arquiteta Sandra Igarasi Barbosa, da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário, explica a importância deste plano de ação na tomada de decisões relacionadas às obras contra enchentes: “Quanto a canalização aberta do Ribeirão Araraquara, a medida deverá diminuir a área ocupada pelo curso d'água, aumentar sua calha e assim o volume do curso da água, melhorar a velocidade de escoamento e a drenagem do rio, além de acabar com o assoreamento”, diz a secretária.

O prefeito lembra que os problemas de inundações em Santa Isabel decorrem principalmente do transbordamento da calha do Ribeirão do Araraquara, que não comporta o volume pluviométrico que vem ocorrendo devido a mudanças climáticas.

Periodicamente a prefeitura realiza a manutenção dos leitos dos Ribeirões como capina e limpeza, porém, o volume de chuvas e a ocorrência de trombas d’água favorecem transbordamento dos córregos e o alagamento de seus entornos. (Ass.Imprensa PMSI)