Prefeitura de Suzano resgata animal silvestre na Casa Branca

Sagui-do-tufo-preto foi localizado no bairro

Turismo & Natureza Cidades Em 27/04/2017 16:57:42

 Assessoria de Imprensa Prefeitura de Suzano

 

Sagui-do-tufo-preto foi localizado no bairro, no início da noite de ontem (26 de abril) e aparentava ser semidomesticado; ao serem acionados por populares, agentes da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana encaminharam o primata ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres

Agentes da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana de Suzano-SP resgataram, na noite de ontem (26 de abril), um animal silvestre que estava acuado numa residência da Casa Branca, na região centro-sul da cidade. O sagui-do-tufo-preto (callithrix penicillata), segundo a comunidade local, havia sido flagrado anteriormente em outras casas do bairro.

Uma das moradoras da região entrou em contato com uma funcionária pública da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, pedindo auxílio para o acolhimento do animal, por ter conhecimento de que a servidora já havia atuado no setor de Zoonoses da prefeitura. Uma equipe, então, foi ao local para averiguar a veracidade da ocorrência. No endereço, os agentes da pasta comandada por José Alves Pinheiro Neto encontraram o animal silvestre em estado de semidomesticação, o que facilitou o recolhimento do mamífero.

 

O primata foi encaminhado para cuidados de um médico-veterinário especialista em animais silvestres de Mogi das Cruzes-SP. Segundo o profissional, o sagui não apresentava problemas de saúde e foi direcionado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê (Cras-PET), em São Paulo-SP. No equipamento, o macaco vai passar por tratamento, visando, posteriormente, sua reinserção na natureza.

A preocupação das autoridades de Suzano e região do Alto Tietê a respeito do contato da população com um animal como o resgatado ontem no bairro Casa Branca é relacionada à possibilidade de ele ser vetor de doenças, como a raiva, ou mesmo que humanos possam transmitir enfermidades letais às espécies silvestres que habitam as matas do Alto Tietê. O veterinário reforçou que não se deve manipular animais silvestres livremente, principalmente Primatas Não-Humanos (PNH).

Um dos fatores que leva animais selvagens invadirem residências é a ocupação do homem nos habitats naturais – situação que interfere nas áreas de alimentação, de residência e de acasalamento das espécies. Os especialistas ambientais recomendam o acionamento imediato das autoridades competentes, como a Polícia Militar Ambiental, habilitada para acolhimento e tratamento.

O sagui-de-tufo-preto é um animal nativo das matas brasileiras encontrado geralmente entre o sul do Maranhão e o cone leste paulista, indo até a região do Pantanal mato-grossense. Esses primatas vivem em pequenos grupos, de até 15 integrantes. Sua dieta natural consiste em seiva de árvores, de frutas e de insetos, chegando a alimentar-se em casos extremos de ovos, de pequenos artrópodes e de pequenas aves no ambiente silvestre.