Prefeito prestigia inauguração de fábrica da Johnson Electric, em Arujá

Transferida de Guarulhos para Arujá pela necessidade da empresa em expandir a planta anterior

Economia & Negócios Cidades Empregos Em 08/05/2017 17:09:02

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Arujá

 

O prefeito José Luiz Monteiro prestigiou a inauguração da fábrica da Johnson Electric em Arujá. A unidade fica numa área de 26 mil metros quadrados localizada no trecho duplicado da Avenida Mario Covas e tem capacidade para futura expansão. A operação teve início com 80 funcionários.

Transferida de Guarulhos para Arujá pela necessidade da empresa em expandir a planta anterior e em virtude da localização privilegiada da cidade, a fábrica produzirá radiadores automotivos.

“Isso é progresso e desenvolvimento. A vinda da empresa para Arujá vai trazer emprego e gerar renda, o que influencia na prosperidade da cidade”, afirmou o prefeito, que recebeu uma placa de homenagem do CEO da Johnson Electric, Patrick Wang.

Em seu pronunciamento, Wang agradeceu aos colaboradores da empresa e falou do crescimento no Brasil. “Vamos precisar da ajuda de todos. Parceiros, autoridades governamentais, funcionários. Estamos no Brasil desde 2000 e o desenvolvimento é partilhado com cada um”, disse.

Autoridades

Além do prefeito e do presidente global da marca, estiveram presentes na cerimônia de inauguração o ex-prefeito Abel Larini, o deputado estadual André do Prado, o diretor geral Joncy Silva e os secretários municipais de Governo, Leandro Larini; Desenvolvimento Econômico, Julio Taikan Yokoyama, o Julio do kaikan; e Planejamento, Juvenal Penteado.

O vereador Reynaldo Gregório Junior, o vice-presidente para assuntos internacionais da Johnson Electric, Tim Wang, e o presidente da Associação das Empresas do Centro Industrial de Arujá, Sergio Luiz da Silva, entre outras autoridades, também compareceram.

Para o ex-prefeito, atrair empresas é uma vocação de Arujá. “Só podemos comemorar. É uma empresa que atua em dezenas de países que vem para a cidade e traz emprego e renda. Muito disso é resultado já da duplicação da Avenida Mario Covas, concluída no ano passado”, disse.

Já o secretário de Desenvolvimento falou sobre a importância de dar prioridade aos empresários. “Nesse momento de crise, eles são capazes de gerar emprego”, afirmou.

A fábrica

Segundo o gerente da unidade Arujá, Antonio Donizeti Nalim, a fábrica tem 8 mil metros quadrados de área construída e mais de 26 mil m² de área. O número de empregos passará dos atuais 80 para 120 nos próximos dois anos, com possibilidade de expansão. “Temos áreas para crescer e, como sempre dissemos, nosso compromisso é priorizar o morador de Arujá na hora de contratar”. O investimento aplicado na unidade não foi divulgado.

A empresa

A Johnson Electric produz materiais para vários setores da indústria, como a automotiva, de automação predial, construção civil e de dispositivos médicos. Existe desde 1959 e opera em mais de 30 países, entre os quais China, Itália, Sérvia, Estados Unidos e Argentina. A matriz fica em Hong Kong.