PM avalia segurança em Arujá

“2017 foi um ano positivo para a Polícia Militar de Arujá”, diz o Capitão da PM, Rodrigo Fernandes.

Segurança Pública Em 01/12/2017 21:58:53

“2017 foi um ano positivo para a Polícia Militar de Arujá”, diz o Capitão da PM, Rodrigo Fernandes.

A PM contou com o reforço da operação DEJEM (Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar), que na prática significa um aumento do número de policiais atuando no patrulhamento da cidade.

Capitão Rodrigo ressalta que o projeto “Vizinhança Solidária” contribuiu para o sucesso de diversos flagrantes. “A população está mais confiante para denunciar e este tem sido o diferencial no combate à criminalidade”, afirma.

Casos de homicídio caíram 37% e de roubo 20. Em 2016 foram 11 assassinatos, contra sete do mesmo período em 2017, dados publicados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo que, para o Capitão, mostram o aumento da produtividade policial em Arujá.

Em 2016, a PM realizou 106 flagrantes de janeiro a outubro. No mesmo período de 2017, já foram 178. “A produtividade aumentou 68% nestes casos, e olha que o ano ainda nem terminou”, brinca o Capitão.

De 135 pessoas presas no ano passado por praticar algum delito, em 2017 até o fechamento desta edição foram 225, com a apreensão de 15 armas, seis a mais que em 2016.

“Recebemos em setembro duas novas viaturas que contribuíram no combate ao crime”, ressalta Cap. Rodrigo.