Pé do Ouvido

por Roberto Drumond

Colunas & Opiniões Em 24/05/2014 01:24:46

COMPROMISSO -  Há um compromisso do prefeito Elzo e do vice Arizinho de construir um novo Centro de Saúde, na área onde atualmente se encontra a garagem municipal. O projeto inclui um Pronto-Atendimento equipado, Ambulatório Médico e outros serviços de saúde, numa área de mais de 1500 metros quadrados. É o que diz o folheto de propaganda para a reeleição do Prefeito.

 

COMPROMISSO 2 - Semana passada, quando os funcionários da Prefeitura derrubaram mais um prédio público, agora o antigo galpão erguido na garagem municipal, muita gente ficou feliz achando que era o início da obra prometida. Mas por enquanto o galpão sumiu do mapa apenas para ampliar o estacionamento para os veículos.

 

COMPROMISSO 3 - Depois de quase dois anos do segundo mandato, vai se acabando o tempo para o Prefeito começar a sua obra compromissada. Afinal de contas, “compromisso” é “compromisso”. E compromisso não cumprido é enganação!

 

MAIS UMA – Quando o prefeito Elzo adquiriu a área para a construção da Creche entre a rodovia Joaquim Simão e a D. Pedro I aceitou o desafio de que a creche estaria pronta antes do Itaquerão. Até agora nada. Agora o Prefeito está enxertando uma nova creche, com recursos do Estado, no meio do esqueleto da creche municipal. Certamente vai dizer que é uma obra só!

 

PRÁ NÓS É DIFERENTE - A trupe do Prefeito Elzo já decretou que quem tem vínculo com político denunciado de algo irregular não tem moral. Bom, para um pessoal que até hoje bate palmas e acende vela no altar do ex-deputado Valdemar Costa Neto, preso por condenação no escândalo do mensalão, falar de moral no caso só deve ser alguma piadinha de mau gosto!

 

NINGUEM QUER - O pessoal do Prefeito Elzo quando questionado porque os médicos de Igaratá são terceirizados e não concursados, tem a resposta pronta na ponta da língua. Já foi feito concurso para médicos e não apareceram interessados porque o salário é baixo.

NINGUEM QUER 2 - Como o dinheiro que paga os médicos, terceirizado ou concursado sai do mesmo lugar, os cofres da Prefeitura, é simples o Prefeito resolver o assunto. Basta repetir o que já se fez com os salários dos Secretários e dos operadores de máquinas. Nestes casos os salários chegaram a ser dobrados e até triplicados.

 

É SÓ QUERER - Os secretários e os operadores de máquinas, pelo visto são importantes para o Prefeito e mereceram um aumentão no salário. Médico para atender a população até aqui já não teve a mesma importância e ficou com o salarinho reduzido.

 

CAMERA MAN - Tem gente alertando que o Santander ,quando for retirar os móveis de suas instalações de Igaratá nos próximos dias, pode se valer dos préstimos do vereador Gilmar. É que o vereador se deu ao trabalho de ficar em frente à antiga agência do banco, em 2.007, com uma filmadora nas mãos, gravando a retirada dos equipamentos e sua colocação num caminhão para remoção. Em matéria de filmar o banco dando adeus, o Gilmar tem experiência.

AGENTES – O prefeito Padre Gabriel Bina recebeu essa semana a visita dos vereadores de sua base na Câmara acompanhados do vereador Evaldo, tido como porta-voz da oposição. Foram todo pressioná-lo para retirar o projeto que regulariza a situação dos agentes de trânsito. Os vereadores acham que os agentes isabelenses não são competentes, nem honestos o suficiente para preencher um talão de multas.

 

AGENTES 2 – O Prefeito fez ouvido de confessionário, ouviu paciente e depois receitou a penitencia: os agentes serão treinados durante seis meses com cursos e instruções. A questão da multa não é fundamental: terão de aprender muito antes disso. O principal a disciplinar o trânsito e dar mais segurança ao cidadão que também terá de aprender.

 

AGENTE 2 – E finalmente sugeriu: façam uma emenda fixando um prazo para iniciar o tempo das multas e que seja bem antes das próximas eleições municipais marcadas para outubro de 2016. Quanto antes melhor, receitou.

 

CORTANDO NA CARNE – Essa semana o Prefeito Padre terá de cortar na carne. Recebeu a advertência oficial e terá de dispensar, no mínimo, 25 auxiliares que ocupam cargos de confiança. Na lista pelo menos dois diretores. A exigência vem de dentro e de fora. Do lado de fora é do Tribunal de Contas. Do lado de dentro é de quem entende do que fala!. Sábio conselho.

 

PREOCUPADO – Os secretários municipais de Santa Isabel manifestam suas preocupações. Na última quinta-feira o padre Gabriel Bina deixou de comparecer a uma cerimônia no Palácio do Governo onde assinaria oito convênios com o Estado, cujo total esbarra em quase um milhão de reais (R$ 981.100,00) para reinaugurar a Escola Municipal Carlos Cintra, no bairro da Cachoeira. Temem que o dinheiro será perdido.

 

CONVÊNIOS – Um dos convênios que deveria ser assinado é decorrente de emenda parlamentar do deputado federal Vaz de Lima, que na quinta-feira visitou a cidade. São  oitenta mil reais para a aquisição de um triturador de galhos para ser utilizado na secretaria do meio ambiente.

 

CONVENIOS 2 – Outros dois convênios totalizam 110 mil reais. Um é de autoria da deputada Heroilma Tavares (R$ 30.000) e outro do deputado Gondim (R$ 80.000), ambos para a Secretaria de promoção e assistência social.

 

CONVÊNIOS 3 – Essa remessa tem um campeão: é o deputado Luis Carlos Gondim, do Solidariedade. Além da emenda para a Promoção Social, fez outra para custeio da Santa Casa, no valor de cem mil reais. O deputado Marco Aurélio, do PT, engatou uma emenda de R$60.000,00 para aquisição de um veículo para a Secretaria da Saúde.

 

MAIS AINDA – Além desses convênios tem mais dinheiro a caminho de Santa Isabel: R$ 167.000 para o Plano Diretor de Resíduos Sólidos e 461 mil para Estudos do sistema de drenagem e canalização do ribeirão Araraquara. Ambos dos recursos do Fehidro.

 

SEM AULA – As aulas do período da tarde da Escola Teiji Kita foram suspensas ontem em decorrência das más condições da estrada. As crianças podem ter gostado, mas os pais tiveram problemas: só ficaram sabendo da suspensão das aulas trinta minutos antes do ônibus passar para levar os estudantes para a escola.

 

 

ORAI POR NÓS - Faz mais de três semanas que funcionários da Prefeitura de Santa Isabel cavaram uma valeta para drenagem e um buraco para a construção de uma galeria de águas pluviais em uma via do bairro da cachoeira. O buraco está lá, inacabado, no meio do caminho percorrido pelo Padre Prefeito, toda semana, quando vai celebrar missa na divisa com Mogi das Cruzes.