Pancadaria oficial na Câmara de Arujá

Vereadores trocam socos durante sessão na Câmara Municipal de Arujá. Ocorrência será encaminhada ao Conselho de Ética da casa

Cidades Política Em 10/06/2016 19:36:22

Reportagem: Bruno Martins

 

Os vereadores de Arujá, Vicente Nasser do Prado (PR) conhecido como Souzão e Sebastião Vieira Lira (PSDC), popularmente conhecido como Paraíba Car, trocaram socos após o término da sessão ordinária da Câmara Municipal na última segunda-feira. 

As agressões começaram quando o Presidente da Casa, Renato Bispo Caroba (PT), colocou em votação o projeto de nomenclatura da Praça da Juventude, construída entre os bairros Mirante e Pinheiro. A proposta era batizar a praça com o nome de Denis Cordeiro dos Santos, mas Paraíba Car subiu à tribuna e passou a criticar o atraso nas obras públicas entre eles o da praça que estava em votação: “Querem inaugurar uma obra que não está concluída, só por que estamos perto das eleições?”, questionou. 

De acordo com Souzão, a agressão foi uma resposta às críticas do vereador a secretaria de Esportes do Município, na qual Souzão foi secretário durante os três últimos anos. Segundo Vicente, Paraíba acusou a Pasta de desviar verbas da Prefeitura e não atender em nada o município: “Acredito que por haver muitas pessoas na sessão o Paraíba queria se aparecer, e acabou desrespeitando uma ordem do nosso Presidente. Esse comportamento só mostra o despreparo dele como vereador”, disse e conclui: “A postura dele não condiz com o cargo que ele exerce”.

Depois de incessantes pedidos ao vereador para sair da tribuna, ou que a usasse apenas para se referir ao projeto posto em votação, o Presidente encerrou a sessão sem concluir a votação do projeto. Nas imagens enviadas para o WhatsApp do Jornal Ouvidor (9 8904-6228) Souzão saiu de sua mesa em direção ao Paraíba e começou então a agressão entre eles. 

O público que assistia a sessão invadiu o plenário, alguns ainda ajudaram a separar a briga entre os parlamentares. Na manhã de quinta-feira, 09, Paraíba Car disse que protocolou um pedido interno a Câmara para a cassação do mandato de Souzão. 

O Presidente do Legislativo disse que acionará o Conselho de Ética da casa para que avalie a conduta dos vereadores e tome as medidas necessárias. O atual presidente do Conselho de Ética, Paraíba Car, garantiu que se afastará do cargo que exerce na comissão, para que segundo ele, o processo seja julgado legalmente.      

 

Outra confusão

Em dezembro do ano passado, quando a Câmara de Arujá votava para a escolha do novo presidente da Casa, houve bate-boca entre vereadores, assessores e público presente que acompanhava a votação. A segurança foi reforçada o que ajudou a evitar agressões físicas entre os envolvidos. Neste episódio até um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia da cidade.