Palau aumenta repressão a clandestinos

A medida de interdição de acessos determinada há duas semanas causou revolta a diversas pessoas que acreditava estarem adquirindo terrenos regularizados, contudo poucos procuraram a Prefeitura.

Cidades Em 04/10/2019 22:29:39

Ao saber que os proprietários de uma área interditada no bairro Rio das Cobras, em Igaratá, mandaram entupir a valeta aberta pela Prefeitura de Igaratá para evitar a venda de imóveis clandestinos, o prefeito Celso Palau determinou que os equipamentos retornassem ao local e aumentassem a valeta, espalhando toda a terra para evitar que voltem a realizar vendas de lotes.

A medida de interdição de acessos determinada há duas semanas causou revolta a diversas pessoas que acreditava estarem adquirindo terrenos regularizados, contudo poucos procuraram a Prefeitura. Pessoas que se diziam proprietários limitaram-se a proferir ameaças nas redes sociais e a reclamar através do site da administração municipal. Para Palau, são manifestações que estão mal direcionadas. Ele garante que quem procurar a Prefeitura poderá de fato compreender a razão das medidas tomadas.

No caso do Rio das Cobras, Palau foi mais além: - Quem vier reclamar deverá ser identificado e de imediato notificado da irregularidade. Vou inclusive buscar uma forma de reivindicar a cobrança financeira das despesas que a Prefeitura teve por retornar ao local para refazer a valeta.

Outra área em discussão são os lotes dentro do empreendimento Almeida Prado. Segundo Palau o loteamento implantado nos anos 70 nunca foi regularizado e está sob intervenção do Banco Central e se encontra atualmente liquidação extrajudicial. E com o agravante: com o falecimento do proprietário, os bens estão em inventário. – Se alguém está vendendo ou comprando lote naquela área possivelmente está se utilizando de documentos falsificados, o que torna ainda mais grave o problema.

Palau sugere que as pessoas interessadas em adquirir imóveis em Igaratá que procurem corretores credenciados e se informem, através do site da Prefeitura, quais são os empreendimentos regularizados no município.