Os Candidatos que fizeram por Igaratá

Os eleitores de Igaratá terão bons candidatos para deputados para escolher especialmente entre aqueles que já atuaram a favor do município.

Política Em 04/10/2018 19:38:52

Os eleitores de Igaratá terão bons candidatos para deputados para escolher especialmente entre aqueles que já atuaram a favor do município.  Foram nove nomes que contribuíram com o município em 2017 que agora tentam a reeleição. A única exceção é o cantor e ator Sérgio Reis que recebeu do cardiologista a recomendação de que se afastasse da vida política. Em seu lugar ele está indicando a esposa, Angela Reis.

Sérgio Reis foi o deputado federal que mais encaminhou recursos para Igaratá: R$ 918.016,57  com os quais foram adquiridos diversos equipamentos para a nova unidade mista de saúde; uma ambulância 4 x 4; dois carros de passeio e 18 tablets (computador de mão) e dez impressoras para o Estratégia de Saúde da Família, além de materiais odontológicos e hospitalares.

O deputado Roberto de Lucena encaminhou para o município três emendas parlamentares com as quais foram adquiridas uma digitalizadora de RX, ar condicionado para o setor de RX além de contratação de empresa de exames de ultrassom. Ao todo ele encaminhou R$ 294.599,00. Lucena também usou o seu prestígio atuando junto à presidência do Banco do Brasil para a reabertura da agencia em Igaratá.

O deputado federal tucano, Eduardo Cury possibilitou a compra de equipamentos para a UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro da Boa Vista e materiais de trabalho para duas equipes da ESF I com emendas no valor de R$ 259.685,00, valor que aumenta com os R$ 200.000,00 destinados à aquisição da ambulância de urgências e emergências (SAMU).  Já o deputado estadual tucano Helio Nishimoto encaminhou duas emendas parlamentares no valor total de R$250.000,00 com os quais foram adquiridas uma van odontológica e uma ambulância tipo B.

O deputado estadual  Estevan Galvão remeteu para Igaratá uma emenda no valor de R$ 100.000,00  para compra de um veículo para o CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

O deputado federal Márcio Alvino destinou R$580.000,00 para a compra de um micro ônibus; uma van adaptada e uma ambulância tipo A. Do mesmo partido, o deputado estadual André do Prado propôs uma emenda parlamentar no valor de R$ 120.000, para a compra de uma ambulância tipo A e outra emenda  de R$100.000,00 para custeio de medicamentos.

Os deputados Milton Vieira (R$ 120.000,00) e  Gileno Gomes (R$ 120 000,00) destinaram suas emendas ao orçamento do estado para a compra de duas ambulâncias tipo B; enquanto Lauro Luis Filho aplicou R$ 85.000,00, para a compra de uma ambulância tipo A.

Também deputado federal o mogiense Jungi Abe destinou duas emendas no valor total de R$ 200.000,00  para incremento do PAB (Programa de Atendimento Básico), para materiais de atenção à média e alta complexidade e para o ultrassom.

Encerrando a lista de deputados que contribuíram com recursos para Igaratá o Padre Afonso Lobato destinou uma emenda no valor de R$100.000,00 para custeio de medicamentos. Padre Afonso também foi o deputado que mais atuou para a obtenção do selo de Município de Interesse Turístico que destinará, anualmente, perto de R$600.000,00 para investimentos na área do turismo.

O municipio recebeu ainda, para a área da saúde, o apoio financeiro extraordinário do governo federal no valor de R$ 82.039,75 para complementar a compra da digitalizadora de RX e mais R$45.000,00 para a aquisição de um veículo para a Vigilância Sanitária.

Não foram, entretanto apenas os deputados que atuaram a favor de Igaratá em 2017. O ex prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli exerceu um importante papel no processo de reabertura da agencia do Banco do Brasil na cidade. A unidade que ainda esse ano será instalada dentro da Prefeitura Municipal foi uma conquista feita por sua insistência e seu prestígio junto ao governo federal e junto à presidência do banco. Ele também é uma opção para o eleitor da região.