ONU: Luta internacional contra o ebola é vital para impedir que vírus continue ganhando a corrida

O número de infectados pode chegar a 10 mil por semana até dezembro. É necessário expandir os laboratórios para diagnóstico, o apoio a serviços de transporte e o financiamento de operações logísticas.

Saúde Em 15/10/2014 03:37:57

O ebola está “ganhando a corrida” contra as tentativas de conter o vírus, disse o chefe da Missão das Nações Unidas para a Resposta de Emergência ao Ebola (UNMEER), Anthony Banbury. Em seu discurso ao Conselho de Segurança desta terça-feira (14), o funcionário da ONU clamou pela expansão dos esforços da comunidade internacional na África Ocidental.

De forma geral, o número de infectados vem crescendo exponencialmente a cada dia. Banbury alertou que a missão poderá receber aproximadamente 10 mil pessoas por semana até o início de dezembro – o que representa a necessidade de 7 mil leitos para tratamento de pacientes e envio de equipes médicas adicionais para tratar os pacientes.

Para apoiar a resposta mais eficaz da UNMEER, Banbury afirmou que é necessário aumentar o número de laboratórios para diagnóstico, o apoio a serviços de transporte e o financiamento das operações logísticas. Além disso, ele lembrou que é preciso “ganhar tempo” impulsando agilidade na admissão hospitalar de pessoas infectadas e enterro dos mortos.

No mesmo dia, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) anunciou uma conferência, entre os dias 16 e 17 de outubro deste ano em Serra Leoa, para confrontar os problemas enfrentados pelos sobreviventes do vírus e discutir os cuidados necessários às crianças infectadas ou afetadas de alguma forma pela doença.

Além disso, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) vai prover equipamentos de diagnóstico especializado do vírus do ebola para Serra Leoa e, posteriormente, para Libéria e Guiné.

 

Fonte: ONU

Aqui está o que você precisa saber caso viaje de ou para países afetados pelo Ebola