No Pé do Ouvido

por Redação

Crônicas Em 22/03/2019 22:34:06

ARUJÁ

SABATINA - A secretária de Educação de Arujá, Priscila Sidorco, será sabatinada pelos vereadores na Câmara Municipal no próximo dia 25/3 (segunda-feira), às 10h.A secretária deve responder  por que o governo municipal de Arujá deixou de gastar ao menos R$400 mil do orçamento previsto em reformas e manutenção de unidades escolares no ano de 2018. O valor corresponde a quase um terço da verba reservada para esta finalidade.

SABATINA 2- A informação é da própria Secretaria de Educação em resposta ao requerimento (nº 1786/2019) do vereador Luiz Fernando Alves de Almeida (PSDB), que questionava a morosidade na execução de melhorias nas unidades escolares e sobre o orçamento previsto para estas reformas.

OBRAS – Seria interessante a Secretária de Educação convidar o secretário de Obras e um representante do departamento de licitações. Aparentemente as reformas ficaram paradas pela morosidade e falta de comunicação entre departamentos e, na prática, alguém deveria em respeito à população, responder pela situação precária que as escolas de Arujá receberam os estudantes em 2019.

OBRAS 2 – Claro que no comando da pasta Priscila tem a sua responsabilidade, mas aparentemente ela não é a única que deveria responder pelo caos. Em sua resposta ao requerimento ela justificou que a Secretaria de Obras informou que a empresa contratada para o serviço “apresentou dificuldade no atender as demandas no início deste contrato” (Sic). E, dos 20 processos para execução de serviços abertos pela Educação por meio da Ata de Registro de Preços nº 095/2018, apenas 7 foram executados.

AGRESSÃO – Um policial militar de Arujá agride morador no Bairro Barreto. A cena foi filmada pelos populares e compartilhada nas redes sociais. O policial foi afastado das ruas deve responder processo administrativo. A vítima ficou com hematomas pelo corpo e 16 pontos na boca, por ter sido jogado no chão com a cara na calçada. 

SEGURANÇA – Moradores do Bairro Jd. Emília se reuniram na Casa de Leis para pedir apoio dos vereadores no aumento de segurança e efetivo. Eles informam que nas últimas semanas estão sofrendo com furtos em residências e veículos.

DENGUE – O combate à Dengue em Arujá está sofrendo um golpe da própria população arujaense. Os trotes estão levando as equipes para denúncias falsas, deixando áreas inteiras descobertas de fiscalização e expondo quem precisa de atendimento aos riscos. Não passe trote. 

VERGONHA–Entre as indicações e requerimentos lidos na Câmara Municipal de Arujá nesta semana, dois chamam mais a atenção: (1) a compra de gás de cozinha para a Escola Municipal Hermínia Araki e (2) a troca de ventiladores do velório municipal.

IGARATÁ

ERRAMOS - O concurso citado na reportagem sobre CNH adulterada foi realizado em 2014 e não na data divulgada na edição 1216 do dia 16/03. Aparentemente esse não foi o único caso de irregularidade, já existe inclusive tramitando na Justiça uma ação pedindo a nulidade de questões da prova, mas a empresa não respondeu e desapareceu.

CONCURSO – Outra irregularidade está sendo investigada: surgiu a informação de que certificados de conclusão do curso de segundo grau apresentados por alguns candidatos são falsos. Ao se confirmar mais essa suspeita o concurso ficará mais próximo de ser cancelado. Um motorista prejudicado pela nomeação do portador da CNH adulterada já manifestou interesse em buscar os seus direitos.

CONCURSO 2 – Mais um motivo deve contribuir para a nulidade do concurso de 2014. Para se convocar um concurso público a Prefeitura precisa de, antecipadamente, ter um estudo de impacto financeiro sobre o orçamento municipal. Isso não aconteceu em2014. Os atuais vereadores da oposição que na época era da situação foram cúmplices e permaneceram em silencio.

DÍVIDA – Como se já não bastasse a dívida de quase 55 milhões colecionadas pela Prefeitura de Igaratá, essa semana a Prefeitura recebeu a cobrança de  R$ 460 mil referente a indenização pela invasão de uma área onde foi construído o campo de futebol do JD Rosa Helena. Nesse caso ainda cabe recurso.

DINHEIRO – O deputado federal Márcio Alvino destinou uma emenda de R$ 500 mil para custeio. Vereadores de seu partido querem que a Prefeitura compre uma van e um micro ônibus com o recurso, mas não é possível porque o dinheiro é carimbado para financiar custeio na saúde. Para atender aos vereadores terá de ser feita uma alteração no orçamento.

GRAVIDEZ - Na conversa de botequim a artilharia pesada já começou: um pré candidato a prefeito está sendo apontado como responsável pela gravidez de uma adolescente de 15 anos. Para sua sorte ninguém conhece a menina, nem sabem onde ela mora. Bastou Palau reafirmar que não tem intenção de disputar a reeleição para que os aspirantes à vaga de candidato da situação sentirem, no lombo, o peso da língua alheia.

PEDIU PRA SAIR – O secretário de saúde de Igaratá, Fábio Carvalho, pediu para deixar o cargo por motivos pessoais. Com a vacância  alguns nomes estão sendo cotados: Dr. Feres Martins, a fonoaudióloga Fernanda Zica, o psicólogo Flavio Amorim e até mesmo o tesoureiro da Santa Casa de Santa Isabel, Alexandre Ribeiro.

SANTA ISABEL

FANTASMA – O vereador Reinaldo Nunes denunciou em tribuna a existência de um fantasma na Secretaria Municipal de Turismo. Sem provas, vídeos ou imagens que comprovassem a denúncia, Reinaldo sustenta que basta questionar os funcionários da Pasta que a ausência de um dos diretores será constatada.

FANTASMA 2 – A denúncia emitiu um alerta e o funcionário que, aparentemente era o tal fantasma, hoje se encontra na Cultura cumprindo expediente como todos os demais. Antes disso, o funcionário foi visto no carnaval circulando com o secretário Tiago Pierre. Muitos pensaram que se tratava de um segurança particular, mas não.

TROCA – O que os munícipes questionam nas redes sociais é se existe fundo de verdade na suspeita de que o diretor José Herbet da Paixão Seabra Junior foi contratado em Santa Isabel por meio de uma suposta negociação com o município de Guarulhos, onde o filho da Prefeita Fábia Porto exerce cargo de assessor com a remuneração similar ao do diretor José. Não há documentos que comprovem a troca de favores.

IMPRENSA - A Prefeitura de Guarulhos informa que não foram encontrados registros de José Herbet da Paixão Seabra Junior na lista de servidores da atual gestão. Informa ainda que Leonardo Porto Rossetti integra o quadro de servidores públicos do município desde 15/02/2019, desempenhando a função de Assessor de Secretaria e Coordenadoria na Secretaria de Desenvolvimento Urbano, com presença diária registrada por meio de ponto eletrônico.

AMIGO – Em 2016, José Herbet da Paixão Seabra Junior trabalhou como assessor parlamentar do Gustavo Henric Costa – Guti (atual prefeito de Guarulhos), conforme portaria Nº 20928 publicada pela Câmara Municipal de Guarulhos. José trabalhou na campanha de Márcio França no ano passado e hoje, compõe a equipe de Turismo de Santa Isabel formada por quatro diretores. Antes do Secretário Tiago Pierre assumir, por dois anos a secretaria funcionou com somente dois diretores. Agora a pasta acumula quatro. O curioso é que dos quatro diretores de diretoria do Turismo, José é o que recebe o salário mais baixo, 20% a menos que os demais.

PESSOAL – Diferente da Prefeitura de Guarulhos que responde os questionamentos feitos pela imprensa, o secretário Tiago Pierre impõe condições. Para responder as perguntas feitas pela reportagem Pierre diz: “Só se for pessoalmente”. O Ouvidor insiste para que ele também responda pelos meios oficiais, respeitando a assessoria de imprensa da Prefeitura de Santa Isabel, setor que ele mesmo coordenou por um tempo, mas Tiago diz: “Não tem meio oficial”. José disse que cumpre expediente na secretaria de Cultura e mora em Santa Isabel.

SELEÇÃO – Ainda na secretaria de Turismo, o Governo do Estado de São Paulo ofereceu um curso de formação em Santa Isabel com aulas na Emef. Oscar Ferreira de Godoy, os participantes receberam R$600,00 de ajuda de custo. Consta que por coincidência, 90% dos participantes frequentam a mesma igreja e, aparentemente, até aqueles cuja lista de presença não lhes garantia o recurso, foram agraciados com a ajuda de custo.

JUDO – Em reunião realizada na terça-feira, 19/03, com os atletas de artes marciais, mães de alunos, a Prefeita Fábia Porto, o vereador Márcio Pinho e o Secretário de Esportes, houve quem questionasse na sala quem é o Chefe do Executivo, Fábia Porto ou Tiago Pierre. O Secretário que gerou polêmica na semana passada, bateu de frente com a Prefeita e insistiu em manter o edital de convocação para instrutores de judô sem qualquer alteração.

JUDO 2 - Aparentemente, Fábia não tinha conhecimento do modo como Tiago tratou o Sensei Eric, os pais e responsáveis pelos alunos que treinam pela prefeitura. Ela solicitou a alteração do edital colocando como pré-requisito entre os concorrentes o curso de primeiros socorros. Diferente do Secretário, que disse não se comover com manifestações populares, Fábia se mostrou receptiva e também se comprometeu a encontrar outro lugar para os treinos. Não há notícia de que Pierre tenha sido minimamente repreendido por destratar os isabelenses ou tenha pedido desculpas pela arrogância.

JUDO 3 – Uma opção para o pessoal do Judô seria o prédio onde funcionava o PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador, na Praça Fernando Lopes. A promessa de fazer do local uma Escola de Técnicas de Economia Criativa – ETECRI ainda não se realizou e o local está vazio há um ano, enquanto a prefeitura paga aluguel num prédio ao lado do Fórum.

JUDO 4 – No dia 21/03, Sensei Eric protocolou na prefeitura, em nome da Associação de Judô de Santa Isabel, um pedido de liberação de local para a prática de judô em regime de comodato. A associação se disponibiliza a dar aulas gratuitas para os alunos indicados pela prefeitura e, em contrapartida, cobraria uma taxa simbólica dos alunos excedentes apenas para ajuda de custo do serviço prestado pelo instrutor de Judô.

AR OU ÁGUA – Tem vereador na cidade em franca campanha para reunir contas de água em Santa Isabel. Segundo ele, vai provar que a Sabesp está cobrando na conta de água o ar que passa na tubulação. Técnicos de abastecimento questionam a capacidade técnica do parlamentar de provar algo deste tipo e entendem que a campanha tem outra finalidade. Afinal, quando a Sabesp emite uma conta da qual o cliente discorda, ele deve procurar a Sabesp e, se não for atendido o Procon – Programa de Proteção e Defesa do Consumidor.

ÁGUA – Historicamente, quando assumiu a gestão do abastecimento de água em 2016, a Sabesp acordou com a Prefeitura de Santa Isabel que o valor da tarifa de água seria aumentado progressivamente ao longo de quatro anos. 2019 é o último ano de equiparação da tarifa. O Contrato entre o Município e a Companhia pode ser acessado no site da Sabesp, bem como a tabela de tarifas.

ÁGUA 2 – Quem em 2018 pagou de água R$19,94/mês e de esgoto R$19,94/mês para até 10m3 de consumo; em 2019 irá pagar R$25,00 de água e R$25,00 de esgoto. O aumento consta no contrato assinado na gestão do então prefeito Padre Gabriel Bina. 

CONTA ATRASADA – A Santa Casa de Santa Isabel sofreu uma penhora judicial no valor de quase três mil reais em uma ação, movida pela Prefeitura, pelo não pagamento da conta de água do hospital em 2002/3, período em que o provedor era Odilon Fernandes. A cobrança tem um caráter especial: a Prefeitura deve mais de 400 mil reais para a Santa Casa. A penhora já foi revertida.

CNH – O Presidente da Jari (Junta Administrativa de Recursos de Infrações de Trânsito) de Santa Isabel está com a sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada. Segundo informações, o mesmo já entrou com recursos para rever esta situação.