Municípios poderão ganhar novas creches

Arujá, Igaratá e Santa Isabel poderão ser contemplados com apoio do Programa Creche Escola do Governo do Estado, que disponibilizará verbas para a construção de novas Unidades de Educação Infantil

Educação Em 02/08/2013 11:19:12

Reportagem: Bruno Martins e Maíne Ferreira 

Na segunda-feira, 29, o Governo do Estado de São Paulo assinou o convênio da nova fase do Programa Creche Escola com 315 prefeituras entre elas Arujá, Igaratá e Santa Isabel e já escolhem as áreas que poderão abrigar as novas creches. 

Na celebração do convênio os municípios ficarão responsáveis pela apresentação do terreno, licitação e condução das obras que deverão ser monitoradas e acompanhadas pela própria secretaria da cidade contemplada. De acordo com os dados do Governo do Estado, Arujá e Igaratá terão uma creche cada e Santa Isabel, duas.

Além da construção de novas creches o programa contempla a ampliação e reforma de creches já existentes e são essas as pretensões da Secretaria de Educação de Arujá: “Estamos cogitando a ampliação da creche do Sítio dos Fernandes no Bairro Jardim Emília”, disse a secretária de Educação Maria Goretti Aguiar Alencar. Segundo a secretária o município ainda não foi contemplado com a verba, pois Arujá assim como os demais municípios ainda será avaliada e selecionada conforme o índice de vulnerabilidade estipulado pelo governo do estado, mas a prefeitura já estuda os locais mais adequados que poderão abrigar as novas unidades.

Santa Isabel já tem o local definido para a instalação de uma nova creche, que será construída no pátio ao lado da Unidade de Pronto Atendimento – UPA e abrigará cerca de 150 crianças: “essa construção será feita com a verba de aproximadamente R$ 1.100.000,00 vinda do Fundo para o Desenvolvimento da Educação – FDE”, disse a secretária de Educação Yone Simões Moura.

Dia 16 de agosto será feita a licitação e a empresa que vencer poderá, dentro de um mês, após a análise dos documentos, dar início a construção: “se tudo correr bem, em setembro iniciaremos as obras”, garantiu. 

De acordo com Yone, o objetivo da Secretaria é a construção de outra creche, próximo à área central da cidade, porém o governo exige um terreno com aproximadamente 2.000 m², o que esta difícil de encontrar: “tínhamos a pretensão de construir outra no pátio ao lado da EMEF Oscar Ferreira de Godoy, no Bairro Treze de Maio, onde futuramente será construída uma quadra poli – esportiva, mas o terreno não tem a medida exigida, e estamos procurando outra área próxima ao centro, mas se não encontrarmos tudo indica que poderemos construir essa creche no Bairro Cachoeira, pois lá temos o terreno com as medidas e documentações exigidas”, explica.      

Em Igaratá a creche- escola do governo do Estado será construída no mesmo terreno onde a prefeitura está erguendo a creche municipal com recursos próprios. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, os repasses para a construção podem chegar a R$ 1,5 milhão, a nova creche terá mais de 800 metros quadrados e atenderá cerca de 150 alunos.