Municípios apresentam demandas para Secretaria de Educação

Prefeitos do Condemat, secretários e deputados estaduais se reuniram nesta sexta, 10 com o secretário José Renato Nalini

Política Em 10/03/2017 17:33:10

Assessoria de Imprensa Condemat

 

Prefeitos do Condemat, secretários e deputados estaduais se reuniram nesta sexta, 10 com o secretário José Renato Nalini. Entre os temas discutidos estão a construção de novas unidades, programas de capacitação de profissionais e municipalização do Ensino Fundamental

A direção do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê entregou, nesta sexta-feira (10/03), seis pedidos prioritários para o secretário de Estado da Educação, José Renato Nalini, durante reunião articulada com os deputados da Frente Parlamentar de Apoio aos Municípios do Alto Tietê. Entre as solicitações estão a construção de novas unidades escolares na Região, a disponibilidade de projetos educacionais para as prefeituras e a capacitação de profissionais.  

Além da pauta regional, o secretário Nalini também recebeu demandas específicas dos representantes dos municípios. Ele se comprometeu a avaliar as solicitações com a equipe técnica da Pasta e apresentar uma devolutiva aos prefeitos numa segunda reunião, a ser agendada para acontecer na sede do Condemat, em Mogi das Cruzes, entre os meses de abril e maio.

“Foi uma reunião de caráter bastante técnico, na qual o secretário ouviu os representantes dos municípios e também fez uma explanação do momento e do planejamento para curto e médio prazo.  A educação é uma área muito complexa, com muitas demandas e que requer essa aproximação das prefeituras  com o Estado ”, disse Adriano Leite, presidente do Condemat. “Nos pedidos regionais estão a construção de novas escolas, creches e também de uma universidade estadual no Alto Tietê. Além disso, foram solicitados ainda alguns projetos para os municípios, como a Emai – Educação Matemática nos Anos Iniciais”, acrescentou.

O deputado André do Prado classificou o encontro como positivo e reforçou que a importância de estreitar a integração entre os municípios e o Estado. “Além da conclusão das obras e implantação de novas creches, os representantes das prefeituras apresentaram ao secretário também questões como o compartilhamento de prédios públicos pelas redes estadual e municipal, transporte de alunos e merenda escolar. Fazer essa aproximação com o Estado é fundamental para o melhor atendimento dos estudantes e professores”, ressaltou o coordenador da Frente Parlamentar, representada  na reunião também pelos deputados Luiz Carlos Gondim, que sugeriu a criação de um programa de financiamento estudantil estadual, e Gileno Gomes, que cobrou ações para a melhor ocupação dos prédios escolares.

Sobre os investimentos em novas unidades, o secretário antecipou que a prioridade do Estado será a liberação de recursos para a conclusão de creches que estão paradas - os municípios de Salesópolis, Ferraz de Vasconcelos e Arujá estão entre os que possuem prédios nesta situação.

Nalini também falou sobre o reforço no programa Escola da Família, com a contratação de cerca de 3,5 mil universitários para atuar nas escolas em todo o Estado e falou sobre a municipalização total do Ensino Fundamental, que deve avançar a médio prazo.

“Temos a convicção de que a educação fundamental entregue ao município é muito eficaz, eficiente  e efetiva. Essa é uma política pública que deve ser de toda a Nação e nesse passo temos de alertar a sociedade, os prefeitos e servidores,  para que procurem compreender as vantagens e possamos caminhar sem pressa, mas gradualmente entregando a criança ao município”, declarou o secretário estadual.