Morre cidadão arujaense, Luiz Bananeiro

Após cinco dias internado, Bananeiro morre depois de cirurgia de emergência

Cidades Em 29/06/2018 21:49:38

Morreu aos 82 anos, um dos políticos mais ilustres de Arujá, Luiz Alves Bananeiro. Ele foi vice-Prefeito da cidade por quatro gestões ao lado de Abel Larini (PR), mas começou a escrever sua carreira política no município em 1992 na Casa Legislativa da cidade. 

Em junho deste ano, a saúde de Bananeiro ficou fragilizada. O coração já não era o mesmo. Ainda neste mês, Bananeiro precisou ser internado em um Hospital da Capital Paulista. Lá, o político foi submetido a uma bateria de exames médicos.

Os exames acusaram um coagulo na perna. De acordo com familiares, o sangue já não circulava normalmente. E na noite do dia 27, seu neto Gustavo Alves conta que o coagulo estourou levando Bananeiro a ser submetido a uma cirurgia de emergência. Ele sofreu duas paradas cardiorrespiratórias, uma delas levou seis minutos.

Em 2014, Bananeiro foi homenageado na Câmara pelo ex-vereador Wilson Ferreira (PSB) com o título de cidadão arujaense. A Prefeitura de Arujá decretou na quinta-feira, 28/06, luto oficial de três dias.

“Nos conhecemos há quase 40 anos, e sempre me cativou sua grande alegria e simpatia. Ficam as lembranças de um homem que fez história. Meu abraço fraterno aos familiares", disse o Prefeito de Arujá José Luiz Monteiro (MDB) 

“Homem justo, correto, leal e trabalhador. Tive a honra de tê-lo ao meu lado, durante todas as minhas gestões. Durante 16 anos, compartilhamos realizações e conquistas em nome da nossa população. Descanse em paz querido amigo. Que Deus conforte o coração da família e da população Arujaense”, disse o casal, Abel e Flora Larini.

Amigos de caminhada política compareceram ao velório que aconteceu no Salão nobre da Câmara de Arujá.