Mãe fiscaliza Merenda do Estado

“Sempre falta frutas, verduras e legumes”, diz estudante de 11 anos. Acompanhe o cardápio dos próximos dias e veja o que alunos devem encontrar na Merenda do Estado

Educação Em 07/06/2019 21:51:22

por Érica Alcântara

“A merenda da escola do meu filho é assim: quando tem arroz e feijão, não servem mistura. Quando tem arroz e mistura, não servem feijão. Nada de frutas, nem verduras e de vem em nunca aparece legumes. Isso é alimentação balanceada?”, questiona a mãe de um estudante de uma unidade de ensino do Estado de São Paulo, localizada no Centro de Santa Isabel.

Nas últimas semanas, esta mãe solicitou ao filho de 11 anos (aluno do 6º ano) que registrasse diariamente, em fotos, o que é servido na merenda escolar. Com o cardápio fornecido pelo próprio Estado, verificou-se que em nenhum dos dias o programado foi inteiramente cumprido e que o item de enriquecimento, descrito como frutas, verduras e legumes, geralmente não chega ao prato. Por exemplo, no dia 24/05, (veja foto) os alunos comeram na merenda apenas arroz e kibe. Contudo, estava programado para este dia no Cardápio do Centro de Serviços de Nutrição (Cenut): arroz branco, kibe de atum, creme de milho e item de enriquecimento.

A Diretora de Núcleo de Compras e Serviços da Diretoria de Ensino de Jacareí, Luciene Vital, diz que não há registro de problemas na merenda escolar da unidade de ensino, em que a mãe relata os problemas de desabastecimento de parte do cardápio. “Pode acontecer de um dia ou outro a escolar adaptar o programado, por causa de atraso com fornecedor. Sempre haverá substituição, mas não uma falta. As escolas fornecem frutas, verduras e legumes, pois o item de enriquecimento não é opcional”, diz.

Como denunciar

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) realizou no dia 28/05 uma fiscalização ordenada em 275 Escolas Municipais localizadas no interior e litoral do Estado para inspecionar as condições da merenda oferecida aos alunos dos Ensinos Básico e Fundamental em 219 municípios do Estado. Não há informações de recente fiscalização nas unidades de ensino do estado, mas o cidadão pode entrar o site do TCE (www.tce.sp.gov.br) e abrir um chamado para comunicar possíveis irregularidades.

O Ministério Público Federal, em parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), também recebe e investiga as denúncias de má gestão do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) pelo endereço na internet: www.cgu.gov.br (opção: “Denúncias”)

Cardápio da semana

10/06 - Macarrão com legumes; ovos mexidos; item de enriquecimento.

11/06 - Arroz branco; Almondegas; Legumes refogados.

12/06 - Arroz branco; carne grelhado; item de enriquecimento.

13/06 - Arroz com legumes; cuscuz de atum; legumes ao forno.

14/06 - Arroz branco; carne de panela; item de enriquecimento.