Lula deixa a prisão em Curitiba

Decisão acontece um dia após o STF derrubar a prisão após condenação em segunda instância

Política Segurança Pública Em 08/11/2019 19:14:05

O ex-presidente Lula deixou a prisão nesta sexta-feira, 8 de novembro. Luiz Inácio Lula da Silva foi libertado 580 dias depois de ser preso, e deixou a carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba (PR), no final da tarde, um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão de condenados após a segunda instância.

A decisão da soltura é do juiz Danilo Pereira Júnior, magistrado da 12ª Vara Federal de Curitiba. "A decisão da Suprema Corte confirma aquilo que sempre dissemos que não havia a possibilidade de execução antecipada da pena”, disse Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, no início da manhã.

O petista estava preso em regime fechado desde abril de 2018 após condenação de 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro caso do tríplex do Guarujá. O ex-presidente teve seu tempo de prisão reduzido pelo Tribunal Superior de Justiça para 8 anos de 10 meses. Ele nega as acusações.