Justiça manda retirar invasores

A Justiça determinou a retirada de invasores de uma área de compensação ambiental em Santa Isabel que pertence a Arujá

Turismo & Natureza Política Em 03/06/2016 20:17:03

Reportagem: Bruno Martins

 

A Justiça de Santa Isabel autorizou e a Prefeitura de Arujá realizou na manhã de quinta-feira, 02, a reintegração de posse de uma área de compensação ambiental no Bairro Pedra Branca. A área de 16 milhões/m² está dentro de Santa Isabel, mas desde 2010, pertence a Arujá e por possível falta de fiscalização, passou a ser loteada irregularmente por posseiros.

Entendendo se tratar de uma ocupação clandestina da área com possíveis danos ambientais, a Juíza de Direito da 2ª Vara do Fórum de Santa Isabel, Dra. Cláudia Vilibor Breda determinou a reintegração de posse. Com o mandado em mãos e com apoio da Força Tática da Polícia Militar, e Guarda Municipal de Arujá, fiscais das duas cidades, procederam no despejo dos invasores. O Conselho Tutelar e a secretaria de Promoção Social Isabelense participaram da ação. 

De acordo com a assessoria de imprensa de Arujá, a Prefeitura pretende impedir novas ocupações com fiscalizações mais constantes. Com relação aos possíveis invasores, Arujá informou que a Delegacia de Santa Isabel atua na investigação para apurar o crime de parcelamento irregular da área e assim aplicar as medidas judiciais necessárias. 

Arujá adquiriu a área por R$4,96 milhões, por intermédio da regularização fundiária do Bairro Pq. Rodrigo Barreto e construção do trecho norte do Rodoanel Mario Covas. É previsto que até o fim deste ano seja realizado o plantio de 500 mil mudas nativas no local.