Jogos Regionais revelam os talentos no esporte

Na 60º edição dos Jogos Regionais Santa Isabel ficou em 11º lugar enquanto Arujá se classifica em 13o no quadro geral da 2ª divisão. O maior evento de esporte amador do Estado termina hoje em Caraguatatuba. Sem nunca ter disputado uma partida no biribol, a equipe isabelense conquistou a medalha de prata

Cidades Esportes Em 29/07/2016 20:13:48

Reportagem: Bruno Martins

 

Termina hoje a maior competição esportiva do estado de São Paulo que contou com a participação de 37 municípios, entre eles, Santa Isabel, Arujá e Guararema  

Ao todo 87 atletas representaram Santa Isabel na 60º Edição dos Jogos Regionais 2016. Entre veteranos e estreantes, a cidade disputou oito modalidades diferentes e subiu ao pódio 12 vezes. Mais do que uma medalha de ouro, prata ou bronze os atletas isabelenses trouxeram para casa o resultado de um esforço incansável de homens e mulheres que lutam para manter vivo no município o amor pelo esporte. 

No tatame, nas quadras, na piscina, nos gramados, sobre as duas rodas de bicicletas coloridas, em todo o lugar de Caraguatatuba, cidade que sediou os Jogos Regionais, os atletas de Santa Isabel marcaram presença. O maior número de medalhas veio no ciclismo ao todo foram quatro sendo um ouro, uma prata e dois bronzes. Um dos bronzes é de Bárbara Oliveira, a única mulher a representar Santa Isabel no ciclismo, deixou a cidade em 5º lugar na categoria geral feminina, desbancando cidades com mais de uma mulher na modalidade. 

Santa Isabel aproveitou o talento no voleibol para disputar uma modalidade da qual nunca competiu antes, o biribol. Composta por quatro atletas, a partida é como o vôlei, porém o jogo é na piscina. Valmir Freire foi um dos jogadores da equipe que garantiu de cara a medalha de prata, perdendo o ouro para Caieiras: “Nós sequer conseguimos treinar numa piscina antes do início dos Jogos Regionais, usamos a técnica do voleibol para isso treinamos semanalmente nas quadras de Santa Isabel”, disse. Após o bom resultado, Valmir declarou que a equipe já busca parcerias para treinarem o biribol em piscina conforme é recomendado. 

A Equipe Rameda de Taekwondo levou cinco atletas para a competição e garantiu ouro com Regiane Soares, prata com Fernando Brandão e bronze com Felipe Assis. Com aproveitamento de quase 100% o Taekwondo conseguiu também um quarto lugar com Robson Figueiredo, que para ir à Caraguatatuba teve que abrir mão do serviço que tinha como professor numa academia em Santa Isabel: “O Robson foi a maior prova de amor que tivemos em nossa equipe, tanto pela modalidade quanto pela vontade de representar o município”, ressaltou o Mestre Rameda.

Felipe Estevam foi o dono do ouro no judô disputado contra Arujá, o atleta faz parte da Associação de Judô de Santa Isabel que além dele destacou mais oito lutadores durante os Jogos Regionais. Na capoeira David Rocha e Benedito Aroldo garantiram ouro e prata para Santa Isabel. 

Desafios para o esporte isabelense

Mesmo em meio aos bons resultados, atletas e professores acreditam que se houvesse maior incentivo ao esporte em Santa Isabel o município teria se destacado ainda mais na competição: “Não podemos pensar nos Jogos Regionais um mês antes da competição, como estamos fazendo há anos. Este é um dos mais importantes eventos esportivos do Estado de São Paulo e se pudéssemos nos dedicar desde o início do ano, sem sombra de dúvida traríamos mais medalhas para a cidade”, ressaltou o mestre do Judô isabelense, Sensei Manoel Esperidião Lima.

A secretaria de Esportes de Santa Isabel oferece aos esportistas da cidade o Bolsa Atleta, um incentivo de R$200,00 mês para ajudá-los com as despesas de competições e compras de equipamentos, mas nenhum dos 12 atletas que trouxeram medalhas para a cidade possuem o benefício: “São apenas quatro atletas que recebem essa ajuda, a Secretaria precisa estendê-lo aos demais e apostar naqueles que estão dando frutos. Por falta de incentivo financeiro já perdemos muitos bons atletas para outros municípios e precisamos ao menos manter estes que aqui estão”, alertou Manoel.   

A secretaria Municipal de Esportes garantiu a condução e hospedagem dos atletas nos Jogos Regionais. Santa Isabel ficou em 11º lugar na classificação geral da 2ª divisão.

Arujá e Guararema nos Jogos Regionais

Com cem atletas em oito modalidades Arujá, que disputou a 2ª divisão dos Jogos Regionais, teve como destaque o Taekwondo feminino ganhando dois ouros, com Larissa Gundim e Jaqueline Fátima, além de uma prata com Brumessa Silva. Com os bons resultados das arujaenses, a cidade terminou em 2º lugar na classificação final da modalidade. Outro destaque foi o basquete com um placar de 81 a 68, o time de Arujá perdeu a final para Ubatuba e trouxe para a casa a medalha de prata. Com o resultado Arujá encerra a sua participação nos Jogos Regionais em 13º lugar na somatória geral de pontos.

Na 1ª divisão Guararema que mandou 300 atletas para Caraguatatuba encerra a competição em 7º lugar na categoria geral. A cidade foi medalha de ouro e bronze na ginástica artística, bronze no biribol, ouro no voleibol feminino, ouro no 110 metros com barreira e bronze no revezamento 4 por 100.