Indicador do TCE Valoriza Gestão Municipal

Ranking elaborado pela revista “Isto É”, e com o instituto Austin Rasting coloca Santa Isabel entre as 12 melhores cidades do Brasil

Educação Saúde Em 09/10/2015 18:59:33

Redação

 

Ranking elaborado pela revista “Isto É”, e com o instituto Austin Rasting coloca Santa Isabel entre as 12 melhores cidades do Brasil e a primeira no Estado de São Paulo no quesito investimentos na educação.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) lançou essa semana um novo indicador da evolução dos municípios. Destinado a analisar o desempenho das administrações de municípios com mais de 50 mil habitantes: o IEGM (Indice de Efetividade da Gestão Municipal), segundo o próprio Tribunal, destina-se a fornecer ao gestor municipal a possibilidade de comparar o desempenho de seu município com outros do mesmo porte, identificando as melhores práticas e contribuindo para melhorar o desempenho das administrações públicas.

Com base em 2014 o IEGPM situa Santa Isabel entre os melhores da região do Alto Tietê em pelo menos dois aspectos: educação e saúde. Para chegar a essa conclusão os técnicos do Tribunal de Contas estabeleceram sete índices temáticos: Educação infantil e fundamental 1, com foco em aspectos da infraestrutura escolar (i-Educ); Saúde, com ênfase na atenção básica, equipes de saúde da família, conselho municipal da saúde e atendimento à população a doenças como tuberculose, hanseníase e coberturas de vacinação (i-Saúde). Planejamento, destacando a coerência entre as metas físicas alcançadas e os recursos empregados (i- Plan); Fiscal, índice que avalia a execução financeira e orçamentária em relação a aplicação dos recursos vinculados à transparência da administração municipal (i-Fiscal); o ambiental que avalia as ações que impactam a qualidade dos serviços e a vida das pessoas (i-Amb). O indicador Cidade, cuja função é avaliar o planejamento na proteção dos cidadãos( i-Cidade) e, finalmente o de Tecnologia da Informação, que analisa o conhecimento e o uso das tecnologias em favor da sociedade (i-Gov).

O trabalho estabelece cinco níveis de efetividade: a categoria A, que é altamente efetiva; B+ considerada muito efetiva; B que identifica o efetiva; o C+ interpretado como em fase de adequação e C, classificado como baixo nível de adequação.

Ao tomar conhecimento dos indicadores Padre Gabriel comemorou entusiasmado o desempenho de Santa Isabel (veja no site www.jornalouvidor.com.br) e a seguir em comparação com outros municipios:

 

 

i-Educ

i-Saúde

i-Plan

i-Fiscal

i-Amb

i-Cidade

i-Gov

Média

Santa Isabel

A

B

C

B+

B

C

B

B

Arujá

B+

B+

C

B+

B

C

B

B

Mogi das Cruzes

A

B+

C

B+

B+

A

B+

B+

Guararema

A

B+

A

B+

C+

C

B

B+