Guararema se destaca através de investimentos e dedicação à Cultura

Prefeito Márcio Alvino fala sobre os diversos espaços culturais voltados para moradores e turistas

Cultura Em 09/03/2013 11:10:55

Guararema não é só Natal! A cidade conhecida pela bela decoração natalina que realiza, está no rumo de se tornar centro de referência cultural na região. Com uma população de pouco mais de 26.000 pessoas, uma beleza natural deslumbrante e uma estrutura organizada, Guararema investe 4% de seu orçamento anual em Cultura, e está se transformando em cidade modelo para outros municípios.

Na semana em que a Estação Literária apresentou uma programação variada para toda a população, o prefeito Márcio Alvino abriu as portas de seu gabinete para falar ao Jornal O Ouvidor como a administração pública de Guararema investe no desenvolvimento do município.

Segundo o Prefeito, há uma preocupação e uma dedicação muito grande por parte da administração para manter e cultivar os traços históricos e culturais da cidade, assim como aproximar as pessoas, “sobretudo as crianças da leitura e de demais manifestações artísticas que contribuam para o seu desenvolvimento e consequentemente para o desenvolvimento do município” ressalta. 

Márcio conta, orgulhoso, que em breve entregará a nova sede da secretaria de Cultura, segundo ele, com uma estrutura totalmente adequada e convidativa, nos moldes de como deve ser um local voltado para administrar esta área, com auditório e espaço para debates e apresentações culturais. Logo após, o Prefeito inaugurará a Casa da Memória, localizada em frente à Prefeitura Municipal, um espaço dedicado a armazenar fotos, filmes e depoimentos de moradores e representantes da comunidade.

Os projetos vão além, Márcio diz que comprou o antigo cinema da cidade, e pretende reativá-lo: “O cinema guardará as características peculiares de antigamente, sobretudo sua aparência externa, mas por dentro será de última geração”, revela. O conservatório e o mercado municipal, bem como o teatro são outros espaços que o Prefeito pretende investir e concluir neste mandato, “para que Guararema seja ícone de beleza, cultura e desenvolvimento”, diz.

Há menos de um ano a cidade começou também a resgatar sua estação de trem, com a chegada de uma das maiores locomotivas a vapor remanescente no país: A Maria-Fumaça 353, conhecida como “Velha Senhora”, que conta com três carros da década de 30 que comportam, ao todo, 150 passageiros. De acordo com o Prefeito, em breve, a locomotiva começará a realizar o “Passeio Cultural  de Guararema a Luis Carlos”, são aproximadamente sete quilômetros de uma verdadeira volta ao passado. 

Estação Literária 

Na Rua 19 de Setembro, como uma imensa caixa de presentes, ao longe se vê um prédio espelhado, adornado por figuras compostas por letras bailarinas, que dançam e mudam de perspectiva conforme a luz do sol se transforma. É este o primeiro impacto das pessoas que procuram pela Estação Literária de Guararema. Lá dentro, tudo é claro, espaçoso e convidativo. 

O alfabeto não está apenas nos livros, nas revistas de todo o mundo, nos gibis de todos os tipos, nos CDs e DVDs, nos jogos e brinquedos, nem nas telas de seus mais de 30 computadores disponíveis para uso comum; na Estação Literária as letras compõem a decoração das paredes, representam o perfil de grandes escritores e são esculturas que retratam a força, a acessibilidade e a ascensão cultural promovida pela leitura.

Em seus três andares, a Estação comporta ambientes que permitem que ao leitor mais afoito perder-se do horário. Próximo à lanchonete há áreas de descontração para a contação de histórias e a expressão da literatura de cordel, adornadas por um paisagismo planejado para fazer o visitante mais tímido sentir-se em casa. E na colorida área das crianças, com seus brinquedos, jogos e livrinhos, onde nem mesmo os adultos resistem aos encantos do espaço dedicado aos futuros leitores. Em outro espaço, computadores e livros para portadores de deficiência visual, equipamentos que permitem a inserção social e cultural de uma expressiva camada da população que, em outros municípios, é colocada à margem da cultura.

Sueli Ap. Domingues, diretora da Estação, conta que só no mês de janeiro aproximadamente 6.500 pessoas passaram por lá. “Entre os dias 26 de fevereiro e três de março a programação especial que incluía desde apresentação de filmes a lançamentos de livros atraiu diariamente um grande público”, destaca.

O horário de funcionamento da Estação Literária é de terça à sexta-feira das 9h às 20h e aos finais de semana, das 10h às 17h.

Além do cronograma do projeto “Guararema Cidade Natal” que será concluído ainda este mês, Márcio planeja “trazer uma Base do SAMU e mais cinco escolas municipais”, relata com satisfação.

Para o Prefeito reeleito, o mais bem votado da região, “não existe população mais crítica que a de Guararema, e isto é muito bom, faz com que todos trabalhos e projetos sejam executados com a máxima excelência”, diz. 

Segundo Márcio, os guararemenses cobram muito da administração pública e acompanham de perto tudo o que acontece no município, ajudando a manter o padrão de qualidade em tudo que é realizado: “Eles reconhecem e cobram na mesma intensidade”, finaliza o Prefeito.