“Feirinha Chique” exibe trabalho artesão

Organizada pela Diretoria da Cultura, exposição de artesanato na Praça Fernando Lopes, em Santa Isabel, proporciona o reconhecimento dos artistas da cidade

Cidades Economia & Negócios Em 12/05/2017 18:24:23

 

A exposição nomeada “Feirinha Chique” vai até amanhã, 14/05, Dia da Mães. O evento inclui cidadãos isabelenses inscritos como artesãos na cidade e apresenta diversos tipos de arte manual, dentre os quais se destaca o crochê, além de trabalhos em madeira, craquelês e tecido. 

“Eu ficava em casa, era depressiva, mas o crochê mudou a minha vida. Hoje, sou feliz, ganho meu próprio dinheiro e, dando aulas, ajudo as pessoas a gerar renda”, afirma Lenilda Aparecida dos Santos Costa, 43 anos, artesã e professora de crochê na Secretaria de Cultura.

A feira de artesanato foi organizada pela Diretora da Cultura, Teresinha Pedroso, e é considerada um grande apoio aos artesãos já que, além de divulgar o seu trabalho, permite o reconhecimento e a apreciação do artesanato. Os artistas afirmam que exposições mais frequentes aumentariam a venda de seus produtos, pois notaram grande interesse da população. 

 “Trabalhar com tecido é a minha preferência. A primeira boneca de pano que fiz se chamava Maria, que é o nome da minha mãe, a partir daí passei a chamar todas as outras de Maria também, em homenagem à ela”, conta emocionada Carmen Lúcia Cardoso de Oliveira, 58 anos, artesã desde maio de 2015. “O artesanato ocupa um espaço na sua mente e promove a criatividade. Ele dá uma tonalidade diferente à vida. Eu me libertei.”

O projeto “Crochê e Tricô Santa Isabel”, na Secretaria de Cultura é um curso aberto, gratuito e já conta com 130 alunos, com auxílio da professora Lenilda Aparecida dos Santos Costa. Para mais informações, ligue 11 4657-3464.

 

Notícias Relacionadas