Faculdade de Engenharia em Igaratá

Dois cursos de engenharia estão sendo oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) para estudantes de Igaratá e região. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 19 de junho. O processo seletivo será no dia 8 de julho. Serão cursos de Engenharia de Computação e Engenharia de Produção.

Educação Em 01/06/2018 15:46:08

Dois cursos de engenharia estão sendo oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) para estudantes de Igaratá e região. As inscrições já estão abertas e seguem até o dia 19 de junho. O processo seletivo será no dia 8 de julho. Serão cursos de Engenharia de Computação e Engenharia de Produção.

Criada em 2012 como Fundação Estadual, a Univesp é uma instituição de ensino superior mantida pelo Governo do Estado, vinculada à secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, credenciada como universidade pelo Conselho estadual de Educação e pelo Ministério de Educação e Cultura.

Atualmente com 35 mil alunos, desde 2012 vem ampliando sua capacidade de atendimento expandindo com o objetivo de criar um pólo em cada um dos 645 municípios do Estado. Nesse ano de 2018 já atingiu 244 cidades onde oferece, gratuitamente, cursos de graduação em cinco licenciaturas, dois bacharelados e um curso superior de tecnologia, esse em parceria com o centro Paula Souza. Grande parte dos cursos ocorrem em ambiente virtual (Ensino à Distancia) através de uma plataforma on-line na qual os estudantes desenvolvem atividades acadêmicas que incluem vídeo aulas, materiais didáticos, bibliografia das disciplinas e tutores para tirar dúvidas dos conteúdos.

O pólo de Igaratá será instalado no prédio da escola em tempo integral que manterá disponível 50 computadores, impressoras e acesso à internet. Nele, serão promovidas atividades como provas, debates, discussões em grupo e trabalhos, sempre acompanhados por tutores qualificados pela Univesp.

O estudante da Univesp tem a liberdade de fazer o próprio horário adaptando-se com relação às suas atividades profissionais, sociais e segundo o seu interesse: – Não importa se o estudante mora longe ou perto, ele sempre terá acesso a uma formação profissional de qualidade, diz o prefeito Celso Palau que nessa semana comemorou mais essa conquista para o município.

Os interessados devem se manter informados a respeito dos passos necessários ao ingresso na Univesp: as inscrições para o processo seletivo, cujo valor é de R$45,00 devem ser feitas  no site . No dia 29 de junho serão publicados os locais das provas do processo seletivo que serão realizadas no dia oito de julho. O gabarito será divulgado no dia 10 de julho com abertura do período para interposição de recursos. No dia 27 será divulgado o resultado com a primeira chamada para a matrícula. Todas as ações serão feitas através do site www.vunesp.com.br.uvsp1801, onde também se obtém as informações necessárias.

Conheça os cursos:

Engenharia de Computação

Forma o profissional para atuar na área, realizando, entre outras atividades: análise, planejamento e desenvolvimento de sistemas computacionais centralizados e distribuídos, sistemas embarcados, desenvolvimento e uso de tecnologias de comunicação, engenharia da informação, sistemas multimídia e hipermídia, redes de computadores, bem como gestão de sistemas industriais e comerciais e de empresas de computação. 

Com essa abrangente formação o profissional pode especificar, projetar, implementar, integrar, testar e manter sistemas de hardware e software e, assim, trabalhar no desenvolvimento de produtos, aplicações e serviços em qualquer área da informática e da tecnologia da informação, atendendo a demanda de indústrias, empresas, grupos financeiros, centros de pesquisa e desenvolvimento, universidades, estabelecimentos de ensino e do setor de serviços públicos. 

Engenharia de Produção

Forma o profissional capaz de observar os processos organizacionais com visão sistêmica e integrada, de analisar e de propor soluções para questões complexas, reunindo competências que integrem formação tecnológica em Engenharia de Produção, com a formação humanística além da necessária instrumentação numérica, quantitativa e computacional, mas sempre observando o desenvolvimento sustentável das organizações. 

Ambos os cursos são gratuitos, com duração de cinco anos, realizado por meio de atividades desenvolvidas a distância e de encontros presenciais no pólo de apoio em que o aluno estiver matriculado.