Ex-secretário diz que saiu por razões políticas

Estela Santana, ex-diretora, foi nomeada ontem, dia 26/10, após o vice-prefeito anunciar para a imprensa que não aceitaria o cargo

Política Em 26/10/2018 18:02:00

O ex-secretário de Saúde de Santa Isabel, Clebão do Posto (PR), justificou o seu retorno à Câmara de Santa Isabel para aliviar a pressão sobre a administração, especialmente no setor da saúde. Segundo ele, o estopim foi o serviço de urgência e emergência que deixou evidente que as notícias maldosas, excessivas, tendenciosas, incentivadas por grupos políticos tinham como alvo o trabalho da saúde em todas as esferas, inclusive com reflexos políticos e pessoais contra o Cleber. 

- A Prefeita concordou comigo que era necessário tirar o foco político da secretaria da saúde para que a administração possa ser prestadora de serviços e não um palanque político dos adversários do atual governo.

Clebão diz que foi identificada uma conspiração feita pelos opositores, mas que nenhum secretário do município, nos últimos anos, trouxe mais retorno para o município do que ele enquanto esteve na frente da pasta. – Deixo a secretaria hoje com os mesmos problemas que a recebi a 13 meses, mas nesse prazo conquistei através dos deputados de meu partido R$2.850.000,00 de verbas federais, sendo R$2.100.000,00 para custeio e R$ 470.000,00 de verbas do Estado para a aquisição de materiais e veículos que estão sendo liberados. 

Segundo Clebão, o déficit financeiro é decorrente do aumento da demanda que atingiu, no município, 30% a mais e, para enfrentar essa realidade foi necessária a expansão dos serviços. – Hoje o município conta com 19 médicos (eram 9); 14 equipes de Estratégia de Saúde da Família e 11 unidades de Saúde: - Quando entrei eram nove! Nós dobramos a capacidade de atendimento médico! 

O Vereador que assume a presidência da Câmara diz que a grande lição que leva para o legislativo é a compreensão de que nessa área, os próprios atores do poder público não a conhecem, que o setor é de uma complexidade muito maior, mas que o principal problema é a baixa arrecadação do município: - Gastando o mínimo possível, fazendo o máximo necessário posso dizer que pelo menos não temos o mesmo caos da região, hoje atendemos 64%  da demanda na atenção básica, onde a maioria dos municípios não atende nem 50%.

A mudança

A Prefeita Fábia Porto convidou ainda no dia 24/10 o vice-prefeito Dr. Carlos Chinchilla para assumir a saúde. Ontem, 26/10, ele divulgou uma nota oficial explicando as razões pelas quais não aceita o cargo, leia esta justificativa na íntegra no site do Jornal Ouvidor.

Já no final do dia, após a recusa de Chinchilla, Fábia nomeou Estela Santana, ex-diretora da pasta, como a mais nova Secretária de Saúde de Santa Isabel.