Estado vai pagar o MIT

As prefeituras terão de reapresentar os projetos e os valores serão pagos com o orçamento de 2019

Turismo & Natureza Em 08/02/2019 19:49:21

 De uma reunião realizada ontem na secretaria estadual de turismo entre a secretaria de Desenvolvimento Regional e as associações das Prefeituras de Cidades Estâncias do Estado de São Paulo (APREMESP) e dos Municípios de Interesse Turístico do Estado de São Paulo (AMITESP) chegou à boa notícia: o estado vai pagar o convênio celebrado no ano passado, para isso, basta as prefeituras reapresentarem os projetos com ofício solicitando a inclusão dos recursos no orçamento de 2019, as certidões atualizadas e o cronograma de obras. O prefeito Celso Palau, de Igaratá, estima que o atraso da obra deve ser de três a quatro meses.

Palau pretendia iniciar as obras na praça 30 de Dezembro logo depois do natal, mas a decisão do Governador João Dória de cancelar os convênios alterou o plano. O Comtur de Igaratá já definiu o que será feito com os recursos do MIT no próximo ano. O projeto já está em andamento