Enfim, Escrituras nas mãos!

Mais de 400 moradores do Jardim Novo Éden, em Santa Isabel, receberam títulos de legitimação de posse e cartas de concordância da Prefeitura Municipal. Depois de prestar contas de sua administração o Padre Gabriel Bina entregou a primeira escritura a Francisca Amara da Silva depois de 38 anos de se mudar para o bairro

Cidades Política Em 10/06/2016 19:10:05

Reportagem: Bruno Martins

 

Ao todo 415 títulos de legitimação de posse foram entregues no último domingo pelo prefeito de Santa Isabel, Pe. Gabriel Bina a famílias do Bairro Jd. Novo Éden. A regularização beneficia diretamente mais de 600 propriedades que teriam um custo aproximado de três mil reais para regularizar cada lote. Ao todo o bairro economizou R$1.800.000,00 em sua regularização. 

Essa é só mais uma das muitas conquistas que a moradora Joia Muciano Incise, 75, a segunda moradora mais antiga do Jd. Novo Éden, testemunhou. Quando Joia veio morar em Santa Isabel, com o marido e os cinco filhos, o bairro ainda estava em formação, era década de 70. As ruas centrais eram ainda de terra e no bairro não havia energia elétrica, tão pouco água encanada. Foi ali, onde hoje é a Rua das Rosas que ela construiu a segunda casa do Bairro Jd. Novo Éden. A única vizinha, que morava um pouco distante de sua residência, era Francisca Amara da Silva. A primeira moradora a habitar o bairro no final dos anos 70 foi a primeira e pegar na manhã de domingo passado, 05, o tão sonhado documento que a torna dona legitima de seu imóvel. 

Em 1986 o Jd. Novo Éden já tinha mais de 20 famílias. Foi quando o bairro criou sua primeira associação. Joia assumiu, a pedido dos moradores da época, a presidência da entidade e usou o cargo para angariar melhorias ao bairro: “Nossas ruas eram de terra, não tínhamos escola, creche ou sequer um posto de saúde. Em 86 Orestes Quércia era candidato a governador do Estado e um de seus assessores numa visita a Santa Isabel, passeou pelas nossas ruas e me propôs que se eu ajudasse a levantar votos para o Quércia, ele construiria aqui uma escola e conseguimos então os votos que ele precisava”, recorda. Dois meses após assumir o Governo do Estado, Quércia construiu a primeira escola do Jd. Novo Éden, a E.E.Profº Fernando Aluísio Correia.  

“Nem o Nenê Simão, prefeito na época, sabia que o Governador construiria uma escola aqui. Depois desta construção, obrigatoriamente nossas ruas melhoraram e as casas passaram a ter energia elétrica”, disse. Nos anos seguintes o bairro recebeu um posto de saúde e tem hoje a escola municipal considerada modelo para o município, em infraestrutura. 

No domingo Joia não esteve na distribuição dos títulos, pois faltou a ela apresentar alguns documentos necessários para a emissão do registro de seu imóvel: “Mas nesta semana, fui a Prefeitura entregar os documentos que faltavam e em breve terei minha escritura. A regularização do Novo Éden é uma conquista para todos que aqui moram. Assim como a construção de uma escola foi suficiente para valorizar nosso bairro, este documento será muito importante para fazer valer cada imóvel aqui hoje construído. Não somos mais clandestinos”, comemora.

A primeira etapa de regularização entregou 415 títulos de legitimação de posse e 152 cartas de anuência. O próximo passo é o reconhecimento dos lotes no cartório de registro de imóveis, que deve ser feita pelos moradores, sem custo algum. O evento contou com a presença de vereadores, secretários municipais e do deputado Federal, Roberto de Lucena (PV).  

Até o fim deste ano, a Prefeitura informou que regularizará os bairros Vila Guilherme, Jd. Monte Serrat, Estância São Domingos, Jd. Eldorado e Vila São Pedro.