EMPRESÁRIO PROMETE FESTA A CUSTO ZERO

Representante de empresa promotora de eventos promete, na Câmara de Igaratá, realizar Festa do peão a custo zero para o município. Em Santa Isabel a prefeita Fábia Porto cancela o evento na cidade para custear obras de infraestrutura urbana.

Esportes Política Cidades Em 04/11/2017 08:42:36

Empresário Tenta Enganar Vereadores

O empresário conhecido como “Toninho Paraná”, representante da TP Eventos Produções e Locações, empresa de Indaiatuba (SP), compareceu à Câmara Municipal de Igaratá na sessão de quarta-feira passada para denunciar que sua empresa foi dispensada de organizar a festa de aniversário da cidade, apesar de ter oferecido festa e rodeio a custo zero para a municipalidade.

O aniversário de Igaratá será comemorado no período de 05 a 10 de dezembro com diversos eventos, entre eles a Festa do Peão e shows. Entre as empresas que apresentaram suas propostas para a tomada de preços compareceram a Samor, cotando a 350 mil; a Markas Eventos, com a proposta de 300 mil a Tom Eventos com proposta de R$260 mil e a TP, cuja proposta foi de 220 mil.

Diversas reuniões foram realizadas visando a pesquisa de mercado para obtenção de melhores ofertas de estruturas e de artistas para os shows. Participaram dessas reuniões, além dos empresários, funcionários da prefeitura e outras pessoas entusiastas das modalidades que terão espaço no evento: laço, tambor e o rodeio com diversos tipos de montarias.

O valor estabelecido pelo Prefeito Celso Palau para o investimento da administração foi de 200 mil reais e, para obter melhores ofertas e atrair mais interessados decidiu-se que seria licitado em separado a estrutura do evento para posteriormente realizar a contratação dos shows de acordo com os recursos disponíveis, levando-se em conta o cache dos artistase possibilidade de comparecimento em sua agenda de show.

Durante a fase de cotações de preços, a TP Eventos frequentemente alterava a sua proposta inicial. Os artistas apontados como possíveis de serem contratados para os shows foram substituídos por outros menos famosos e o nível de exigências de contrapartidas para a empresa,ampliado.

Além dos 220 mil pretendia a exclusividade na exploração do estacionamento e toda a renda advinda da venda dos espaços para a praça de alimentação e lazer. Insistia também na exigência de realização de dois shows com cobrança de ingressos, contrariando frontalmente a intenção da administração municipal de realizar todos os  quatro shows com entrada franca.

Enquanto outras empresas discutiam formas de viabilizar o evento, em condições mais favoráveis ao município, Toninho Paraná insistia na assinatura do contrato, o que foi de pronto negado.

A decisão do prefeito Celso Palau foi definida há duas semanas quando lançou o edital de licitação para a concorrência da infraestrutura, cujas propostas serão apresentadas no próximo dia 10. Desse processo, além das empresas previamente convidadas, toda e qualquer empresa poderá participar desde que cumpra as regras previstas na lei de licitações e atenda ao edital quee está disponível no setor de licitações da Prefeitura.

O Prefeito explica que as negociações iniciais e a apresentação de propostas visou unicamente definir o montante a ser disponibilizado pela administração pública para a realização do evento e não, como pretendia Toninho Paraná, a contratação imediata da empresa organizadora.

 

Para o Prefeito Celso Palau a ida do empresário à Câmara teve como objetivo levantar suspeitas sobre a conduta do chefe do executivo e embaraçar um processo que está sendo desenvolvido de acordo com a legislação e do qual ele não conseguiu demonstrar antes, nas oportunidades que teve que fosse a melhor opção.

-O que temos a lamentar é que um cidadão que se intitula empresário de eventos e diz que presta serviços a diversos municípios, acredite que os vereadores de Igaratá sejam tolos o bastante para acreditar na história fantasdiosa dele.  Um verdadeiro insulto à inteligência das pessoas, diz Palau que continua: " basta ele comparecer na Prefeitura na próxima semana e apresentar a sua proposta de realizar o evento a custo zero, nas condições que a nossa administração deseja. Com palco, som, arquibancada e iluminação de primeira linha, além de quatro shows de artistas renomados com entrada franca que imediatamente revogamos qualquer processo de contratação em curso e a realização do evento é dele".

- Aliás, continua o Prefeito de Igaratá, "acredito que ele está perdendo uma excelente oportunidade também em Santa Isabel de realizar Festa de Peão e Rodeio a custo zero por lá, já que cancelaram o evento para realizar investimento em outras áreas. É só chamar o Toninho Paraná que é tudo de graça". E Palau conclui dizendo que "Igaratá merece uma festa bem organizada e de qualidade, e é isso que queremos, pelo menor custo pouco importa se contrariando o interesse desse ou aquele".

Procurado pela reportagem de OUVIDOR, Toninho Paraná não retornou às nossa ligações até o fechamento de nossa edição na tarde de quinta-feira.