Doações fortalecem Santa Casa

A Santa Casa de Santa Isabel tem recebido de diversas empresas e pessoas físicas doações para enfrentar a crise.

Saúde Em 27/03/2020 22:44:45

A Santa Casa de Santa Isabel tem recebido de diversas empresas e pessoas físicas doações para enfrentar a crise. Desde álcool em gel a recursos financeiros, a campanha de arrecadação demonstra que o isabelense é solidário e reconhece o esforço do único hospital da região se preparando para momentos críticos em decorrência da infestação pelo Coronavírus.

Mesmo com todas as dificuldades que enfrenta, a estrutura montada pela Santa Casa tem condições de atender pelo menos 18 pacientes de síndrome respiratória aguda grave (SRGA). Esse é o número que os estudos apontam como possíveis de ocorrer entre a população do município. Mais do que isso vai depender do encaminhamento pelo CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), direcionando para outros hospitais da rede pública. 

Embora a SRGA seja um dos sintomas da Covid-19, ela se manifesta também em outros tipos de gripes provocadas pelo vírus “influenza” que, anualmente mata até 650 mil pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. 

Como gestora da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), a Santa Casa se mobilizou e já esta preparada para receber naquela unidade os pacientes suspeitos da covid-19. Atualmente, segundo o diretor Alexandre Maia Ribeiro, a Santa Casa está com seis pessoas isoladas: “São pacientes com problemas respiratórios, mas sem definição por qual vírus! Para cada uma delas é necessário um ambiente separado e isso representa um enorme consumo de material de proteção para os funcionários”. Para exemplificar Alexandre conta que para o atendimento a essas seis internações, em 24 horas foram gastos 440 EPIs (Equipamento de Proteção Individual) consistentes de luvas, aventais, gorros e máscaras. – Cada vez que um profissional entra no quarto de isolamento é necessária a troca de todo o seu equipamento, esclarece. 

Alexandre assegura que ainda não está faltando material para o hospital, mas há muita dificuldade para comprar e estamos pagando preços exagerados. Ele conta que no final do ano passado foi adquirido um ventilador pulmonar por R$48.000,00. – Já se fala em R$200.000,00 pelo mesmo equipamento, comenta. O Gestor da Santa Casa garante que o hospital tem capacidade para atender 18 pacientes simultaneamente, mas se for necessário fazer uma ampliação no atendimento, possui até espaço físico, mas não tem os recursos técnicos e financeiros necessários.

- O melhor mesmo é a população se cuidar para não se contaminar, recomenda, afinal o hospital tem de existir e precisa receber pacientes de outros diagnósticos e não pode concentrar em apenas um tipo de atendimento. Precisamos sim, manter nossos estoques abastecidos e quem puder contribuir, saiba que seremos muito gratos por toda ajuda.

O telefone de contato da Santa Casa é o (11) 4656-1333.