Dia internacional do deficiente físico: Deputado quer mais engajamento dos governos

Política Em 04/12/2013 07:01:33

Reportagem: Assessoria de Imprensa do Deputado Roberto de Lucena

 

O dia 03 de dezembro foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) como o Dia Internacional do Deficiente Físico. Na Câmara Federal, o deputado Roberto de Lucena (PV) lembrou do dia de conscientização pediu mais comprometimento por parte dos governos de todas as esferas no atendimento aos deficientes que ainda enfrentam descaso e preconceito.

 

O parlamentar enfatizou que, mais do que ações pontuais que visam pequenas alterações nas vias públicas, os governos devem preparar programas de ação que consigam, de verdade, modificar as circunstâncias de vida dos deficientes em todo o Brasil.

 

“Construir rampinhas nas ruas é uma forma de mascarar o verdadeiro e digno tratamento que os portadores de necessidades especiais deveriam e mereciam receber. É preciso difundir amplamente a leitura em braile para atender os deficientes visuais; garantir acesso aos ônibus e lugares públicos aos cadeirantes; além de planos e programas voltados para a saúde e reabilitação dessas pessoas, visando amenizar suas dificuldades bem como capacitá-las para a vida social e o exercício pleno da cidadania”, afirmou Roberto de Lucena. 

 

O deputado argumentou que as escolas deveriam ter profissionais preparados para lidar com as limitações e o Estado assumir maior compromisso com a formação dos professores, coordenadores e diretores que, muitas vezes, não sabem como lidar com as necessidades especiais. 

 

“Não adianta afirmar que a sociedade não está preparada. Passou da hora de arregaçarmos as mangas e tratarmos os portadores de necessidades especiais com o respeito que merecem. Tratá-las com indiferença é também forma de preconceito. A sociedade já mudou muito nos últimos anos em relação às necessidades especiais, mas ainda temos muito que melhorar.”, finalizou Roberto de Lucena.