Creches: sobram vagas no município

Enquanto em Santa Isabel e Arujá muitos pais de alunos sofrem com a falta de vagas em creches, em Igaratá sobram vagas

Educação Em 24/01/2020 22:38:39

Por Érica Alcântara

Na região, Igaratá é a única cidade que apresenta saldo positivo, com vagas disponíveis do Berçário (até 01 ano) à Etapa 2 (5 a 6 anos). “Mas como vou conseguir um emprego se não tem vaga na creche? Quem dará oportunidade para quem se apresenta com o filho nos braços?”, estas são algumas das questões levantadas por uma Mãe que procurou uma vaga para o filho de 02 anos na Emei Prof. Osvaldo Rodrigues da Silva, em Santa Isabel.

Para esta Mãe de Santa Isabel foi entregue um bilhete com a descrição dos documentos necessários para realizar a matrícula. Nele consta que os interessados em vagas na educação infantil devem apresentar uma declaração de trabalho dos pais ou responsável. “Me alertaram que é o principal documento exigido”, destacou a Mãe.

Contudo, em Santa Isabel a Secretaria de Educação garante que não exige a declaração de trabalho dos pais ou responsáveis. A rede possui 3.494 alunos matriculados no fundamental, 117 nos Berçários 1 e 2, 536 no Maternal 1 e 2; 1.228 no Pré; 15 no Especial e 38 no EJA (Educação para Jovens e Adultos). “Nossa lista de espera na creche é de 136 crianças, em 2020 ainda não foram abertas novas vagas e, para isso, estão em andamento a reforma nas unidades escolares do Vista Alegre e do BNH”, diz.

Em Igaratá 19 salas atendem à infância e não há necessidade de comprovar vínculo empregatício dos pais. Os Berçários 1 e 2 tem 8 vagas; no Maternal 1 e 2 – 28 vagas; Etapa 1 e 2 somam 64 vagas, somando todas as unidades de ensino, sendo 15 vagas especificamente na Emef Benedito Rodrigues de Oliveira (Boa Vista).

Em Arujá a secretaria de Educação diz que devido a fase de matrícula e rematrícula, não pode informar o número de vagas disponíveis e qual a demanda reprimida. Para as mães arujaenses não é exigida a comprovação de vínculo empregatício, o Decreto 6.846/2017 exige esta documentação apenas para as vagas de período integral, salvo casos excepcionais encaminhados por órgãos de proteção à criança, que fazem parte de lista especial.

 

“Em 2019, eram 1.753 alunos. A Educação de Arujá estima criar em 2020 mais 500 vagas, considerando a ampliação das creches Maria Benedita, no Pq. Rodrigo Barreto, e Seiji Shiguematsu, no Sítio dos Fernandes”, informa a Prefeitura, acrescentando: “em março, será aberto novo chamamento com 100 vagas no Mirante e 200 no Pq. Rodrigo Barreto”.