Controladoria Geral de Suzano integra forças para combater irregularidades e conceder rapidez ao atendimento

O titular da Controladoria Geral de Suzano falou da necessidade de se reorganizar os procedimentos legais do órgão

Cidades Política Em 07/03/2017 14:02:01

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Suzano

 

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (6 de março), com a participação de integrantes de todas as Secretarias Municipais, foi destacada a importância de se combater desvio de conduta na administração local e esclarecer sobre os protocolos adotados em caso de irregularidades

A Controladoria Geral de Suzano reuniu na manhã desta segunda-feira (6 de março) no auditório do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) – rua General Francisco Glicério, 1.334 – centro - uma reunião com integrantes de todas as Secretarias Municipais. O objetivo foi destacar a importância de se combater desvios de conduta na administração local e esclarecer sobre os protocolos adotados em caso de irregularidades. Segundo o chefe da pasta, Murilo Inocêncio, uma vez integrado, o Primeiro Escalão procede melhor frente a ocorrências, ao passo em que fortalece o Plano Municipal de Transição, Transparência e Controle, colocado em prática pela Controladoria, bem como pela Ouvidoria Municipal e pela Corregedoria local.

Na oportunidade, Inocencio ministrou uma palestra sobre a metodologia de trabalho dos três órgãos municipais de controle de gestão. Durante a apresentação, foi passado um preâmbulo das ações já realizadas nos dois primeiros meses do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi, como a que investiga provável irregularidade no recolhimento de taxas dos cemitérios municipais, e a que averigua um possível desvio de medicamentos de uso controlado da rede básica de saúde:

“Foi uma reunião extremamente produtiva. Conseguimos ter um ponto de partida, para harmonizarmos as relações, as estratégias e as metodologias de trabalho no que diz respeito ao papel da Controladoria Geral, inclusive quanto ao nosso Plano de Transição, Transparência e Controle”, reafirmou Inocencio.

O titular da Controladoria Geral de Suzano também falou da necessidade de se reorganizar os procedimentos legais do órgão, bem como agir com mais celeridade quanto às requisições feitas por cidadãos via Ouvidoria:

“Tanto as investigações internas, bem como as reclamações vindas do munícipe devem ter começo, meio e fim. Com o aprimoramento da Ouvidoria, tornamos os processos mais ágeis e facilitamos o acesso dos suzanenses ao serviço. É preciso ampliar esse canal direto, para que a população esteja melhor amparada quanto às solicitações que são de responsabilidade da municipalidade, como tapa buraco, instalação de lombadas e de placas, limpeza de vias, além de denúncias em geral. Os três setores (Ouvidoria, Controladoria e Corregedoria) precisam estar à disposição e funcionarem de verdade”, reforçou o gestor. 

 

Notícias Relacionadas