Castelo Alemão quer salvar 1.200 moradias

Vereador de Arujá propõe a extensão da Avenida Mário Covas até o aeroporto de Guarulhos.

Política Em 10/11/2017 23:18:31

O vereador de Arujá, Castelo Alemão, anunciou esta semana que pretende propor na próxima semana uma moção ao Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, solicitando sua intervenção para salvar mais de 5.000 moradores da desocupação de suas casas. 

“Se a promessa de estender a Avenida Mário Covas se cumprir, nós aumentamos a mobilidade urbana dos arujaenses e ainda salvamos cerca de 1.200 residências do Bairro Jd. Alámo da demolição”, afirma Castelo se comprometendo a lutar por famílias inteiras, mesmo que não sejam de seu eleitorado.

Castelo explica que ao dar acesso direto aos arujaenses até o aeroporto, consequentemente, o Estado dará continuidade a canalização do Rio Baquirivu. “Isso acabará com os alagamentos e manterá as pessoas em suas casas, pois não haverá mais riscos à comunidade”, disse.

O Vereador conta que o Jd. Álamo é um bairro antigo, com mais de 40 anos. Edmilson Costa, que aparece na filmagem no site do Jornal Ouvidor, investiu todas as suas economias em sua casa, “moramos em 20 aqui em casa”, revela. Alexandre Aleixo também construiu sua residência as margens do Baquirivu, “mas quando dei início a fundação o curso d’água corria há mais de 25 metros de distância, o problema é que nunca fizeram manutenção e o assoreamento provocado pelo próprio governo empurrou a água para perto das casas”, afirma.

Castelo promete defender os interesses da população de Arujá e fazer justiça aos moradores do Álamo.