Campanha do Laço Branco pelo fim da violência contra as mulheres

Em Mogi, um conjunto de ações reuniu oficinas, rodas de conversa e atividades sócio-educativas em diferentes regiões da cidade

Mulher Em 04/12/2018 15:24:16

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu nesta terça-feira (04/12), no Theatro Vasques, a palestra “A Construção Social da Masculinidade – 21 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”, ministrada pelo mestre em Psicologia Social e especialista em Violência Doméstica, Flávio Urra. O evento faz parte da Campanha do Laço Branco, em andamento desde o começo de novembro na cidade.

 

A Campanha do Laço Branco foi originalmente criada por um grupo de homens canadenses que se indignaram com um massacre na Escola Politécnica de Montreal, há 29 anos. Em Mogi, um conjunto de ações reuniu oficinas, rodas de conversa e atividades sócio-educativas em diferentes regiões da cidade. As ações culminaram com três datas importantes: 25 de novembro, Dia Internacional de Não Violência contra a Mulher; 6 de dezembro, Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, e 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

 

O público-alvo do evento desta terça-feira foi composto por técnicos e servidores da Assistência Social, representantes de entidades sociais, equipe da Patrulha Maria da Penha e público em geral. “Em 6 de dezembro de 1989, Marc Lepine, de 25 anos, invadiu uma sala de aula, assassinou 14 mulheres e suicidou-se em seguida, deixando uma carta afirmando que não suportava a ideia de ver mulheres estudando Engenharia, um curso tradicionalmente dirigido aos homens”, explicou o palestrante Flávio Urra.

 

Para lembrar fortalecer a conscientização e prevenção à violência contra as mulheres, a data será lembrada de forma permanente em Mogi das Cruzes. “Por orientação do senhor prefeito, estamos encaminhando à Câmara Municipal a minuta do projeto de lei com objetivo de instituir a Campanha Municipal do Laço Branco de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres em nossa cidade”, informou a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva. Uma vez aprovada, a data será comemorada anualmente no dia 6 de dezembro e passará a integrar o calendário oficial de eventos do município.

 

Essa e outras medidas são resultado de um trabalho realizado por um grupo de servidores homens da Secretaria Municipal de Assistência Social, iniciado em 2017 com a primeira caminhada da Campanha do Laço Branco, que neste ano evoluiu para 21 dias de ativismo. “Um evento como esse envolve muitos atores, vários trâmites, até chegarmos um encontro como esse de hoje no Theatro Vasques. Por isso quero agradecer a todos que acreditaram e colaboraram”, afirmou Manuel Ferreira Porto Neto, representante da Comissão Organizadora do evento.

 

ENCERRAMENTO

 

Nesta quinta-feira, dia 6 de dezembro, será realizada uma mobilização no Largo do Rosário. O evento contará com a distribuição de laços brancos e materiais informativos para o público, especialmente homens.