Campanha De Vacinação Contra Influenza É Realizada Em Santa Isabel

A Prefeitura de Santa Isabel, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou no dia 23 de abril a Campanha de Vacinação contra o vírus da Gripe H1N1, nas Estratégias Saúde da Família – ESF e Unidades Básicas de Saúde – UBS. Entre os grupos prioritários, aproximadamente 2.763 munícipes já foram vacinados.

Saúde Em 10/05/2018 18:32:50

por Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Santa Isabel

A Prefeitura de Santa Isabel, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou no dia 23 de abril a Campanha de Vacinação contra o vírus da Gripe H1N1, nas Estratégias Saúde da Família – ESF e Unidades Básicas de Saúde – UBS. Entre os grupos prioritários, aproximadamente 2.763 munícipes já foram vacinados.

A vacinação tem como público-alvo os grupos de maior vulnerabilidade, sendo eles: Trabalhadores de Saúde; Idosos (acima de 60 anos); Gestantes (em qualquer idade gestacional); Puérpera (mulheres até 45 dias pós-parto); Crianças (na faixa etária de 6 meses  a 4 anos e 11 meses e 29 dias); Portadores de Doenças Crônicas e Professores da rede pública e privada.

“A vacina contra a gripe é segura e eficaz, seu principal benefício está na prevenção de possíveis complicações, como pneumonias ou internações seguidas de óbitos que podem ser evitadas”, ressalta a Diretora do Departamento de Higiene e Prevenção à Saúde, Estela Santana.

A influenza ou gripe é uma infecção viral que afeta o sistema respiratório, mais precisamente o nariz, garganta e brônquios. O contágio ocorre de forma direta através das secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar ou de forma indireta, por meio das mãos que, após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

O vírus da gripe pode se apresentar desde uma forma leve e de curta duração, até formas clinicamente graves e complicadas. A influenza é responsável por elevada morbimortalidade em grupos de maior vulnerabilidade.

"Temos como objetivo a imunização de todos os grupos prioritários que são mais vulneráveis a doença”, explicou o Secretário Municipal de Saúde, Cleber Kerchner.  

As equipes de saúde do município têm aplicado a vacina nos portadores de Doenças Crônicas (acamados) durante as visitas domiciliares que acontecem diariamente e todas as Unidades de Saúde continuam com as vacinas disponíveis, de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h30.

A orientação é para que os grupos prioritários procurem a Unidade de Saúde mais próxima e vacine-se. O munícipe deve apresentar a carteirinha de vacinação ou RG.

 

Para mais informações, entre em contato com a Unidade de Saúde mais próxima ou com a Secretaria Municipal de Saúde/ Vigilância Epidemiológica, através do telefone: 4656-4444.