Câmara questiona segurança na escola

Os vereadores, que compõem a comissão de educação e saúde do legislativo de Arujá, cobram um laudo técnico

Educação Em 30/11/2018 22:50:47

Há quatro meses a infraestrutura precária da Escola Municipal (EM) Professor Eufly Gomes, no Centro Residencial de Arujá, preocupa os parlamentares Rogério da Padaria e Luiz Fernando que, integrantes da Comissão de Educação e Saúde, percorreram todas as unidades de educação para realizar uma vistoria das escolas.

Desde que comunicaram à Prefeitura, os vereadores aguardam solução para os problemas de infiltração e telhado danificado, que afetam seriamente o bem estar dos alunos que estudam nas salas 7 e 8. Além disso, o acúmulo de água no teto e em diversos pontos do prédio, são criadouros para o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus o Aedes Aegypti.

Por meio de um requerimento solicitaram “um laudo técnico estrutural por profissional idôneo e devidamente habilitado relatando que o imóvel está em condições de uso e não oferece risco aos alunos”. A propositura foi aprovada na Sessão de 28/11.

Vandalismo

Nesta semana, a escola Eufly Gomes foi invadida e vandalizada. Criminosos arrombaram portas, quebraram vidros e furtaram um computador e duas impressoras da unidade. “Não podemos deixar que tirem de nossas crianças o pouco que têm”, desabafou nas redes sociais a vereadora Cris do Barreto, que é professora na unidade.

A unidade atende atualmente 627 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental.