Avião faz pouso forçado em Rodovia de Santa Isabel

Três pessoas estavam na aeronave bimotor que pousou após uma pane

Cidades Segurança Pública Em 16/02/2016 19:03:36

Reportagem: Bruno Martins

 

“Nasci de novo”, quem diz é o piloto Juan Tovar que estava no comando na aeronave que na tarde desta terça-feira, 16/02, fez um pouso forçado na Rodovia SP 056 Prefeito Joaquim Simão, em Santa Isabel. A aeronave modelo 820 C Navajo de fabricação da Embraer perdeu estabilidade no ar, o que obrigou o piloto a, estrategicamente, forçar um pouso na estrada, ele e outros dois ocupantes saíram ilesos da aeronave, que antes de parar no acostamento bateu em um barranco e rodou no meio da rodovia.

De acordo com Juan, o avião bimotor particular fabricado em 2008, saiu do Rio de Janeiro e seguia para campinas onde receberia manutenção e reparos preventivos. O piloto explicou que, ao perceber que a aeronave havia perdido os dois motores, encontrou livre o km 65,5 da SP 056 e dirigiu o aparelho naquela direção em pouso de emergência.

Seria um pouso tranquilo, mas a ponta da asa esquerda tocou em uma touceira de bambu na cabeceira da ponte fazendo com que o avião se desestabilizasse. Ao tocar o solo, já desgovernado, a aeronave rodou para a esquerda batendo a proa contra o barranco, deslizando em seguida pela pista da rodovia e parou no acostamento. O trecho sentido Igaratá foi parcialmente interditado. O piloto, afirma que a aeronave estava em dia com seus serviços de manutenção: “Encontramos a estrada e não tivemos outra escolha a não ser pousar. Graças a Deus não havia nenhum veículo na pista o que garantiu uma segurança maior após a queda”, explica.

Juan e os dois passageiros respiraram aliviados, mas só comemoraram mesmo quando um motorista lhes ofereceu uma garrafa de água gelada. Felizmente ninguém saiu ferido. Para evitar que o bimotor explodisse em decorrência do vazamento de combustível, Juan e outros dois funcionários da empresa dona da aeronave, retiraram a bateria. 

O corpo de bombeiros de Arujá atendeu a ocorrência, a Polícia Militar de Santa Isabel foi a primeira a chegar no local preservando a área de curiosos que paravam seus veículos para fazer fotos da aeronave. 

De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a aeronave pertence à empresa AGRO PECUÁRIA JOGIL Ltda: “Todos os seus certificados de aeronavegabilidade e a inspeção manual de manutenção encontra-se em situação regular”, diz a nota.