Autoridades no combate ao abuso e exploração sexual de menores

Festas na Praça Fernando Lopes, Centro de Santa Isabel, mobilizam autoridades a traçarem planos de ação para o combate ao abuso e exploração de menores

Cidades Em 06/07/2018 13:17:36

por Bruno Martins

Nesta semana, representantes do Judiciário, Executivo, Polícia Militar, Conselhos Tutelar e Municipal de Segurança (Conseg), além da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) se reuniram no Fórum de Santa Isabel a fim de traçar metas de fiscalização e combate aos possíveis casos de abuso e exploração sexual de menores durante as atividades festivas realizadas na Praça Fernando Lopes e que, na semana passada, geraram grande confusão.

Os jogos da seleção brasileira pela Copa do Mundo da Rússia estão reunindo aproximadamente 2 mil pessoas na Praça Fernando Lopes, Centro de Santa Isabel. Há denúncia que entre os adultos que assistem aos jogos, muitos menores de 18 anos assistem às partidas e consomem livremente bebidas alcoólicas, cigarros e até outras drogas. 

A reunião desta semana ocorrida na manhã de terça-feira, 03/07, foi marcada pela Juíza e responsável pela vara da infância e juventude da cidade, Dra. Claudia Vilibor Breda. A Juíza declarou ter tomado conhecimento das irregularidades após denúncia ter sido representada no Ministério Público da cidade, por membros da OAB: “Considerei necessária essa reunião a fim de tomar conhecimento do que realmente está acontecendo e como está sendo a fiscalização nestes locais de grande aglomeração de menores", pontuou. 

A Prefeita Fábia Porto esteve na reunião e garantiu que tudo o que compete ao Executivo no que diz respeito à fiscalização destes comércios está sendo feito: “Nossos fiscais da Saúde, Meio Ambiente e o departamento de Trânsito conversam com cada comerciante e reforçam a necessidade de se respeitar as leis e não vender bebidas alcoólicas a menores. E o menor que for pego com bebida ou qualquer outra coisa ilícita será imediatamente abordado e acionado o Conselho Tutelar”, disse Fábia. 

Operação Copa do Mundo 

O Capitão da Polícia Militar Rodrigo Fernandes disse que a PM já tem realizado durante os encontros na Praça Fernando Lopes a Operação Copa do Mundo: “Nossos homens chegam bem antes que o público e já se posicionam em lugares estratégicos a fim de impedir tumultos e uso indevido de bebidas alcóolicas por menores. A PM trabalha em parceria com os demais órgãos toda questão sobre alvará e fiscalização de exigir e emitir essas licenças compete a Prefeitura”, explica o Capitão. 

O Comandante da PM disse ainda que toda a operação de policiamento para os jogos da Copa se estenderão para os dias de aniversário da cidade, cujas atrações começaram ontem e vão até a próxima semana.            

“É importante que qualquer pessoa saiba que ela tem o poder de ao ver um menor numa situação de risco eminente seja se embriagando por vontade própria ou induzido por alguém a isso, ela pode ajudá-lo ligando imediatamente para a PM, antes que o pior aconteça”, finaliza. Dra. Claudia.