Audiência a beira do caos

Graças ao vereador Castelo Alemão por pouco a audiência da educação não terminou com agressão, o parlamentar provocou o público e ameaçou sair aos socos um dos pais

Educação Em 19/10/2018 21:07:11

Na quinta-feira, 18/10, a secretaria de Educação de Arujá promoveu, a pedido da comissão de educação da Casa de Leis, uma audiência pública para explicar como funcionará a gestão compartilhada das creches municipais, para 2019. 

A secretária da Pasta, Priscila Rosa, explicou como funcionará as unidades de ensino e respondeu aos questionamentos de como serão distribuídos os servidores concursados. Mas ela não convenceu as mães presentes que se comprometeram em formar uma comissão para debater a questão pessoalmente com o prefeito José Luiz Monteiro. 

Durante toda a audiência a animosidade se fez presente, pais e professores rejeitaram a proposta e ainda contaram com o apoio do Sindicato dos Servidores Públicos de Arujá, na pessoa do presidente Miguel Latini. 

A manifestação do vereador Castelo Alemão gerou revolta, ele ameaçou agredir um dos manifestantes. Rogério da Padaria, presidente da comissão de educação da Câmara, conteve os ânimos e, na medida do possível, tentou fazer a população ouvir a proposta. Sem sucesso, os manifestantes encerraram a noite protestando: “Meu filho não é cobaia para experimentos”.

Após a audiência, Priscila participou de uma coletiva de imprensa em que explicou detalhadamente como vai funcionar a gestão compartilhada das creches municipais de Arujá. Assista o vídeo no facebook do Jornal Ouvidor.