Animais sem vacina em Igaratá

O Departamento de zoonoses até garantiu aos moradores que retonaria aos bairros na terça-feira, 31/10, para vacinar o restante dos animais, mas não cumpriu

Cidades Em 02/11/2017 19:30:42

O Departamento de Zoonoses da Secretaria de Saúde de Igaratá até levou doses de vacina antirrábica para os bairros Recanto das Águas e Mirante da Serra, mas a quantidade de cães e gatos nestes locais fez as doses acabarem em minutos. Com muito animal sem vacina, os profissionais prometeram aos moradores retornar, na terça-feira, 31/10. Os moradores até levaram seus animais no posto e no dia indicado para a vacina, mas ninguém da Saúde apareceu. 

Antônio Marques foi um dos moradores que ficou na espera. “Eles marcaram para as 8h30 no Recanto das Águas e as 9h no Mirante, fui nos dois e não tinha ninguém aplicando vacina lá, a zoonoses não compareceu e deixou todos esperando. Teve gente que perdeu o dia no serviço, outros que entraram atrasados só para vacinar os seus cachorros e gatos e não conseguiram de novo”, lamenta.  

O que é a raiva?

A raiva é uma doença que pode tornar-se incurável e até fatal em praticamente 100% dos casos se não tratada de maneira correta, podendo ser transmitida inclusive aos seres humanos. O Ministério da Saúde prevê que a vacinação antirrábica ainda é a única forma de prevenção contra a doença. 

Em nota a assessoria de imprensa de Igaratá informa que os profissionais da saúde compareceram no local, mas com atraso. E o Prefeito Celso Palau abriu uma sindicância interna para apurar as responsabilidades.