A fé estampada nos tapetes de Corpus Christi

Em Santa Isabel e Igaratá as ruas do centro ganharam cor e encantaram o dia de Corpus Christi

Cultura Em 05/06/2015 11:34:15

Reportagem: Bruno Martins

Com celulares ou máquinas fotográficas nas mãos, as famílias que passaram pela Av. República no centro de Santa Isabel, na última quinta-feira, não perderam a oportunidade que tinham para registrar as obras de arte confeccionadas no chão da avenida por artistas e moradores da cidade que tradicionalmente acordaram bem cedo para enfeitar as ruas com os famosos tapetes de Corpus Christi. Em Igaratá a magia também mobilizou fiéis nas ruas do centro da cidade.
Não tinha quem não passasse e quisesse fazer uma selfie, para postar no mesmo momento em sua página na rede social. Por mais um ano os tapetes confeccionados em Santa Isabel com pó de serra e borra de café que se misturavam com desenhos feitos em cartolina chamou a atenção de adultos e crianças.
Maria Dolores da Silva, 63, fez questão de trazer o neto de sete anos para ver os desenhos expostos como obra de arte: “É muito lindo, admiro muito o trabalho das pessoas que se dedicam todo o ano a acordar cedo para nos proporcionar essa bela exposição”, diz.
Em Igaratá a Pastoral da Comunicação (Pascom) enfeitou as ruas no entorno da Igreja Matriz Nossa Senhora do Patrocínio. O trabalho começou às 8h o vice-coordenador da Pascom, Gabriel Prianti, 14, conta que muitos irmãos da comunidade ajudaram na confecção dos tapetes: “Fizemos um café comunitário e os moradores ainda nos ajudaram a enfeitar as ruas. As pessoas precisam entender que mais do que uma quinta-feira santa, hoje comemoramos a presença viva de Jesus na eucaristia. Foi muito lindo e conseguimos atrair muitas pessoas”, diz.
Nas duas cidades a procissão que ocorre sempre após a exposição dos tapetes, começou por volta das 17h. Logo após os profissionais da limpeza varreram as ruas para liberarem ainda no mesmo dia, o tráfego de veículos no local.