A criança e o tédio

por Camila Britto

Crônicas Em 08/02/2020 01:12:02

Crianças possuem inúmeras necessidades para terem uma infância saudável. Nutrição, cuidado, afeto, proteção e vínculos emocionais de qualidade são alguns dos itens indispensáveis para construir um desenvolvimento pleno.

Mas existe uma necessidade que, apesar de não ser tão mencionada, é tão relevante quanto as outras que acabei de citar. Estou falando do tédio, e da importância que ele possui na vida da criança.

Para entendermos melhor essa necessidade, temos que pensar que sentir tédio é frustrar-se. Quando ficamos entediados, ficamos também frustrados por não ter nada de interessante a se fazer.

Para a criança, funciona da mesma maneira. O ponto positivo nisso é que, para lidar com tal situação, ela deverá criar alternativas. E é aí que surge uma outra palavrinha muito importante na infância: a criatividade.

É por meio do tédio que os pequenos transformam uma caixa de papelão sem graça em uma casinha de bonecas ou em um caminhão transportador.

É ali, em meio ao tédio, que ela é capaz de fantasiar, imaginar, criar e sair de uma situação indesejável. Já parou pra pensar no quanto esse tipo de habilidade é relevante para nossas vidas?

Com a superestimulação a que crianças estão sujeitas hoje, presente nas telas de celulares e computadores, jogos de todos os tipos, e brinquedos com mil e uma funções, nada mais simples e poderoso do que a capacidade de se distrair com um graveto, uma garrafinha de água vazia ou uma folha de papel.

Quando a criança fica entediada, não precisamos nos desesperar para colocar em suas mãos uma tela cheia de imagens; na verdade, se pensarmos no seu desenvolvimento neuropsicólogo e na construção de vínculos emocionais, seria muito mais produtivo criar junto com ela estratégias para superar a chatice da falta do que fazer.

Se você não costuma permitir que o tédio faça parte da vida das crianças, comece a repensar essa ideia. Ele é uma energia represada que pode ser transformada em habilidades muito úteis e momentos valiosos.